Presidente da Todeschini visitará Alagoas e poderá levar para lá investimento de R$ 165 milhões

O presidente da Todeschini, João Farina, aceitou ontem o convite que lhe fez o gogernador de Alagoas, Renan Filho, para visitar o Estado.

O governo alagoano instala um pólo moveleiro e quer a fábrica que a Todeschini pretendia implantar em Bento e não consegue por obstáculos criados pelo Ibama.

São R$ 165 milhões.

5 comentários:

Anônimo disse...

Se governo Alagoano está instalando um pólo moveleiro, Todeschini deve ir.

Para exportação a praticidade é muito grande lá.

E deve haver dinheiro do governo federal também, pois o governador é do PMDB mesmo partido do vice-presidente e do Padilha que devem ajudar as Alagoas.

Anônimo disse...

olha o bode na sala !!!!

Anônimo disse...

"capaz que a Todeschini vai sair de um Estado de primeiro mundo, com povo de primeiro mundo, politizado, e vai para Alagoas, dos Calheiros e Collor de Melo." Ahahahahaha! Até para Alagoas a nossa republica Pampeana já está perdendo! E olha que o 20 de setembro vem ai....

Anônimo disse...

E aí vem os gênios da secretaria da Fazenda que são contra os incentivos.
Essa gente acha que dinheiro dá em árvore!

Anônimo disse...

Mais uma a ir embora. No futuro ficarão alguns pobres (e bem pobres), destroços do que foi a indústria de cima da serra e vacas (muitas vacas), em igualdade ao que era antes do Bento, aquele, guerreiro do povo gaúcho. Que merd. nos estamos.