Opinião do editor - Santa Tereza é o nosso Morro do Alemão

A foto ao lado é de João Laud, RBS TV, conforem publicação do site G1, disponibilizado no Google. - 


OPINIÃO DO EDITOR

Não é de estranhar a transformação do Morro Santa Tereza, Porto Alegre, numa espécie de Morro do Alemão, com queima de vários ônibus, apedrejamento de policiais militares, balas perdidas, comércio de portas fechadas e aulas suspensas.

Esta é a crônica de uma desordem pública anunciada.

Daí para a desobediência civil e o enfrentamento com o gestor da ordem pública é um passo. 

Não existe lugar algum no mundo capaz de conter os bandidos quando a própria polícia anuncia que não vai reprimir mais ninguém, ou seja, quando a polícia entra em greve branca, como acontece neste momento no RS.

É tudo o que querem os bandidos.

O RS já enfrenta insegurança pública há muito tempo e tudo por conta de governantes inoperantes, covardes e omissos.

11 comentários:

Anônimo disse...

E dai Polibio começou a jogar pra torcida agora, seja realista como você chama o governador deste nomes, faça uma avaliação do governo ao menos depois de um ano de governo.

Lucaspsb disse...

Não vai prosperar porque está muito perto do Menino Deus, local onde moram petistas famosos, especialmente na Av. Ganzo, e ao lado da RBS.

Cap Caverna disse...

O que acontece no morro de Santa Tereza, deve-se simplesmente pela ausencia do estado, cumprindo suas funções. Hoje temos "doutores" para tudo que é situação, mas para mim são todos umas verdadeiras bostas e idiotas, porque a cada dia que passa, as coisas estão piores, o que concluo que seus metodos não prestam para nada! Também as diversas "autoridades" que ficam empinando o nariz, mostrando arrogância e negligencia, são outras bostas. Sem moral, sem cultura, sem autoridade, sem entendimentos, a coisa só tende a marginalização!

Anônimo disse...


Essa republiqueta bananeira bolivariana de 3º mundo tem dinheiro pra tudo, menos pro que realmente interessa à população. Perdoaram a dívida de ditadores africanos, concederam empréstimos pra republiquetas bolivarianas e comunistas, liberaram uma montanha de dinheiro do BNDES pro empresariado. Enquanto isso, o país quebrava e caminhamos pra uma guerra civil urbana, como se vê no noticiário dia após dia.

No ano passado o país estava anestesiado e em transe, mergulhado numa catarse coletiva por causa da Copa do Mundo. Vivia-se a impressão de que o país havia se tornado uma Bélgica, mas hoje, percebe-se que somos piores que o Afeganistão ! E percebam uma coisa: nossa imprestável e insossa mídia se recusa a fazer a associação desse caos em que está o Brasil com os gastos absurdos com a Copa do Mundo, que o embusteiro do ex-presidente enfiou goela abaixo de todos os brasileiros.

Mas não tem nada, não. Em fevereiro do ano que vem estaremos todos felizes de novo em sermos os mesmos brasileiros otários de sempre, afinal, teremos mais um carnaval ...

Anônimo disse...

Esta é a Inteligencia Artificial em Segurança apregoada pelo pseudo Secretario da Segurança do RS. Chamem a Força Nacional já.
Joel

Anônimo disse...

Políbio, o triste é que tratam os policiais (que cumprem o seu dever) como bandidos e os bandidos como coitadinhos. Estes bairros de Porto Alegre estão infestados de traficantes e outros criminosos, infiltrados e convivendo com a população ordeira e trabalhadora. Mas, quando há um confronto e ocorre uma morte, O MORTO (segundo a imprensa oficiosa e a corja comunista) SEMPRE é UMA VÍTIMA INOCENTE. Pobres policiais, se expõem tanto para não ganhar nem dinheiro nem reconhecimento !!!

Anônimo disse...

E que não venham os oportunistas culpar o Sartori porque isso é questão muito antiga.
Há muito tempo se perdeu o controle sobre o crime, não só no RS como no Brasil todo.
Agora o único jeito é chamar o exército....americano.

Anônimo disse...

O Secretário de Segurança Pública afirmou em entrevista que o RS era mais seguro que outros estados anônimo das 17:35.

Anônimo disse...

Pera lá anonimo das 15:50. Eu sou empresário, (bem verdade que pequeno) e estou me f... errando. Ao contrario da Gerdau e RBS e outras tantas envolvidos com o Zelotis, que conseguem dinheiro do BNDES com juros americanos, se eu for no banco pedir dinheiro hoje, irei pagar 54 a 60 por cento ao ano de juros. Resultado: em seis meses estou quebrado. Portanto não é bem assim. E é só os pequenos empresários (que mais geram empregos) que brigam para não subir os impostos pois nós não conseguimos repassar para os preços finais os aumentos enquanto os grandes conglomerados simplesmente atualizam suas planilhas e nos mandam os produtos reajustados. Dai cai faturamento, aumenta custos e da-lhe demissões.

Anônimo disse...

Deixe esses locais sem ônibus ou lotação uma semana, quero ver se vão e botar fogo de novo.

Anônimo disse...

Nem tanto ao mar nem tanto a terra, como diz aquele ditado, mas deve ser frustrante para um policial, prender um bandido e daqui mais algum tempo o mesmo ser liberado e voltar a delinquir. Tem mais ainda o patrulhamento da imprensa - não toda ela - que distorce os fatos, como este recente episódio! Roberto