João Santana e Mônica Moura arrependem-se do uso de dinheiro sujo usado nas campanhas de Lula e Dilma

Os marqueteiros João Santana e Mônica Moura, que fizeram as campanhas de Lula e de Dilma, mas também operaram campanhas eleitorais em vários Países, sempre pelas mãos de Lula e do PT, estiveram na CPI do BNDES e confessaram que usaram dinheiro sujo, sobretudo da Odebrecht, recursos repassados em troca de benefícios dos governos lulopetistas.

João Santana cumpre prisão domiciliar desde outubro de 2018. Ele e Mônica Moura foram condenados pelo ex-juiz da Lava Jato e agora ministro da Justiça, Sérgio Moro, a 8 anos e 4 meses de prisão por irregularidades na campanha da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) em 2010.

Veja este trecho do depoimento de João Santana. A edição é do site Poder360, mas as imagens e áudios são públicos:

8 comentários:

Anônimo disse...

BAITA MENTIROSO!

Anônimo disse...

Ele está mentindo. Não se arrepende de nada do que fez. Arrependimento, se há, é por ter sido apanhado. Sabia que a origem do dinheiro era ilícita; sabia o que os "clientes" estavam fazendo, e sabia que, eleitos, roubariam, pois não tinham princípios.

Anônimo disse...

Ele está tão arrependido quanto a aquele cachorro que comeu ovelha, que foi morto só para ficar bem arrependido!

Anônimo disse...

Historia, dinheiro é bom e todo mundo gosta. Se não tivessem achado o buraco não haveria arrependimento nenhum da parte de ninguém.
Conversa pra boi dormir.

Anônimo disse...

Dizem-se arrependidos porque, ainda que branda, estão cumprindo pena é sempre pode aparecer fato novo que os leve de volta ao regime fechado. Se estivessem livres continuariam fazendo a mesmíssima coisa.

Anônimo disse...

esse caso é semelhante ao do advogado que defende bandidos...ele sabe a origem do dinheiro, valor esse que muitas vezes vem com sangue de inocentes

Anônimo disse...

Por que o PT, partido liderado de dentro de uma prisão pelo maior ladrão de todos os tempos, apesar de escancaradas provas irrefutáveis de que roubava dinheiro público para conseguir enorme vantagem nas eleições, tudo provado, mas o PT ainda não foi cassado e nem os meliantes que conseguiram mandato de forma fraudulenta, também, não foram presos e nem ao menos responsabilizados?
Nós elegemos Bolsonaro para colocar a ferros todos bandidos que se uniram para destruir nosso País. Até agora nem a caixa preta do BNDES que desviou quase um trilhão do dinheiro do povo brasileiro, PASMEM, ainda não foi aberta e duvidamos que venha revelar ao povo onde o PT enfiou o dinheiro que roubou.
Só temos condições de quebrar a barreira jurídica que luladrão montou no judiciário, é a única chance, se Bolsonaro apelar para o Artigo 142 e enviar todos meliantes bolcheviques para Guantánamo!

Anônimo disse...

Por que o PT, partido liderado de dentro de uma prisão pelo maior ladrão de todos os tempos, apesar de escancaradas provas irrefutáveis de que roubava dinheiro público para conseguir enorme vantagem nas eleições, tudo provado, mas o PT ainda não foi cassado e nem os meliantes que conseguiram mandato de forma fraudulenta, também, não foram presos e nem ao menos responsabilizados?
Nós elegemos Bolsonaro para colocar a ferros todos bandidos que se uniram para destruir nosso País. Até agora nem a caixa preta do BNDES que desviou quase um trilhão do dinheiro do povo brasileiro, PASMEM, ainda não foi aberta e duvidamos que venha revelar ao povo onde o PT enfiou o dinheiro que roubou.
Só temos condições de quebrar a barreira jurídica que luladrão montou no judiciário, é a única chance, se Bolsonaro apelar para o Artigo 142 e enviar todos meliantes bolcheviques para Guantánamo!