Caio Coppola dia, aqui, o que pensa do americano Gleen Greenwald, dono do site The Intercept Brasil

13 comentários:

Anônimo disse...

Pronto, agora o caso do estupro do neimar cai no esquecimento, coitada da moça.

Anônimo disse...

Ele dá marcha ré no kibe? É isso mesmo?

Anônimo disse...

Só a título de imaginação, vamos supor que o Lula tivesse sido absolvido pelo Moro, este tivesse sido depois nomeado ministro pelo governo lulopetista e agora viesse a público conversas hackeadas do então juiz orientando o advogado de defesa. O conteúdo das postagens do editor seria igualmente condenando os hackers???

Maurílio Martins de Melo disse...

O Caio foi perfeito. "As usual".

Alberto disse...

Bandidos mafiosos!

Anônimo disse...

Supremo condena Protógenes Queiroz por condução da operação satiagraha:

21 outubro 2014 - Conjur

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal condenou o deputado Protógenes Queiroz a 2 anos e 6 meses de prisão por violação de sigilo funcional qualificada. A decisão, unânime, foi tomada em recurso ordinário apresentado contra decisão da Justiça Federal que o condenava também por fraude processual. Com a condenação, ele perde o cargo de delegado da Polícia Federal e a Câmara será intimada a cassar o mandato de deputado federal pelo PCdoB-SP.

(...)

O julgamento desta terça foi uma das consequências da atuação de Protógenes na condução da operação satiagraha, da Polícia Federal. A ementa da operação diz que ela apurou denúncias de crimes financeiros cometidos pelo banco de investimentos Opportunity durante a privatização da Brasil Telecom. Hoje, corre no Supremo um inquérito que investiga se a satiagraha foi financiada por adversários de Daniel Dantas, dono do Opportunity, no mercado financeiro para derrubá-lo do controle da BrT.

Também corre no Supremo inquérito que investiga outras acusações de violação de sigilo profissional por Protógenes. O Inquérito 3.764 apura grampos ilegais e vazamento ilegal de grampos autorizados feitos pelo ex-delegado. (...)

PS: O Caso do Ex Juiz Moro e dos Procuradores, consegue ser mais grave porque Juiz julga o MPF e advogados são partes, a ales não é permitido trocar figurinha nem para condenar, absolver e muito menos juiz conduzir a investigação o opinar....

Anônimo disse...

Não adianta espernear Gleen Greenwald é o melhor jornalista "investigativo do mundo" e ainda é advogado. A noticia está bombando no mundo a "midia nativa" não vai resistir. Os fatos serão noticiados a contra gotas....

E tem mais, segundo a Constituição jornalista não obrigado liberar a fonte, ou seja, coisa parecida quando "audios" para incriminar o lula eram divulgados pela imprensa nativa e, essa mesma imprensa que critica o jornalista americano usou do mesmo expediente.

ARS disse...

Além do que foi dito pelo radialista, o notório espião psolita, marido do suposto jornalista esquerdofrênico, já foi denunciado na Inglaterra por terrorismo. Com a divulgação das informações privadas roubadas dos aparelhos dos procuradores e ministro, fica escancarada a origem do crime de espionagem cometido e os objetivos da organização internacional por trás da invasão de suas conversas particulares. Evidente que a meta dessa facção terrorista e derrubar o governo que tenta impedir que seus negócios escusos com o narcotráfico e o tráfico de armas continue prosperando na América Latina.

Anônimo disse...


"Responsável pelo vazamento ilegal de conversas entre o ministro da Justiça Sergio Moro e o procurador da República Deltan Dallagnol, o jornalista Gleen Greenwald possui relação estreita com a política brasileira. Há quatro meses, o comentarista Caio Coppolla já havia alertado para uma possível interferência do norte-americano no Congresso. Na ocasião, Jean Wyllys renunciou ao cargo de deputado federal e em seu lugar entrou David Miranda (PSOL-RJ), que, por coincidência, é marido de Greenwald.

ENTREVISTA COM LULA
No dia 21 de maio deste ano, Glenn Greenwald entrevistou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso em Curitiba. Leitores afirmam que a conversa entre os dois não passou de um “palanque” para Lula atacar Bolsonaro e o novo governo, além de tentar reforçar sua inocência.

HISTÓRICO DE VAZAMENTO DE INFORMAÇÕES
Esta não é a primeira vez que Glenn Greenwald expõe informações sigilosas. Antes disso, Greenwald foi responsável por divulgar informações secretas do governo norte-americano, obtidas por Edward Snowden, ex-funcionário da Inteligência dos EUA."

https://pleno.news/brasil/politica-nacional/jornalista-que-vazou-conversa-de-moro-e-amigo-de-jean-e-lula.html

E nenhum vazamento sobre Rosemary Noronha, a Rose, a amiga íntima do Lula. Nem sobre os 25 milhões de euros, diamantes, bacalhaugate, nem sobre o famoso cartão corporativo...
"Desde 2013, já rolava na Justiça o mandado de segurança apresentado pelo repórter Thiago Herdy e pelo O Globo para quebrar o sigilo dos gastos do cartão de Rose, sob argumento de que o acesso a documentos administrativos tem status de direito fundamental, consagrado na Constituição Federal e em legislação infraconstitucional."
"Em 2014, quando cresceu no PT o movimento “Volta, Lula”, para que o ex-presidente Lula fosse candidato, Dilma Rousseff resistiu e não quis abrir mão da candidatura. Lula insistiu e ela então lançou sobre a mesa a cartada decisiva, ameaçando divulgar os absurdos gastos de Rose no cartão corporativo da Presidência, que se tornariam um escândalo capaz de destruir a campanha eleitoral do PT, Lula foi obrigado a recuar."
Integra:
http://www.puggina.org/imagem-comentada/216

Anônimo disse...

Caio coppola kkkk

Anônimo disse...

Interessante notar que gays defendam o comunismo cubano/russo, mas não são bem vindos em havana e nem em moscou. As passeatas gays, recheadas de drogas, estão proibidas nesses países e quem furar o bloqueio será jogado de cima de um prédio.
E o stf vai aprovar uma lei para que vc não possa mais falar sobre isso e nem sobre o menino de 9 anos que foi capado pelo casal de homossexuais e, por causa da ferida, passou por um martírio de um ano com dores lancinantes. As dores só pararam quando o casal de homossexuais esquartejou a pobre criança. Sofreu demais e a mídia esquerdopata está censurando a matéria.

Anônimo disse...

NY TIMES, LE MONDE, AL JAZEERA. IMPRENSA MUNDIAL REPERCUTE ESCÂNDALO DA LAVA JATO:

O escândalo da troca de mensagens entre procuradores da Lava Jato e Sérgio Moro repercutiu na imprensa do mundo todo; o francês Le Figaro enunciou: "os procuradores da Lava Jato fizeram um complô para impedir o retorno de Lula e do PT ao poder"; em extensa matéria o The New York Times reforça a notícia que chocou o Brasil: "a prisão de Lula preparou o caminho para a eleição de Jair Bolsonaro, um político de extrema direita que nomeou Moro como ministro da Justiça"

10 DE JUNHO DE 2019 - Brasil 247

Anônimo disse...

Os idiotas úteis, pra variar, querendo comparar o incomparável.
Escutas telefônicas com ordem judicial e adquiridas através das operadoras de telefonia através da polícia é exatamente o oposto do que aconteceu agora.

O militonto Glenn conseguiu as informações (se é que são verdadeiras), através de um hacker, de maneira criminosa.

Chegando neste hacker, saberemos o quanto ele tem ou não culpa por esse crime.

Muito conveniente dizer "sou jornalista e defendo o sigilo da minha fonte", sendo que a fonte cometeu crime para conseguir uma informação. Daqui a pouco vão cometer um latrocínio para conseguir uma informação e o jornalista vai sair ileso dizendo que protege a sua fonte.