Site lulopetista vaza criminosamente grampos de conversas entre Moro e Dallagnol

Gleen, que se notabilizou ao vazar documentos secretos americanos, agora vaza criminosamente mensagens pessoais do então juiz federal Sérgio Moro e do procurador Dallagnol.

Uma série de reportagens publicadas ontem pelo site The Intercept, editado pelo jornalista americano Gleen Greenwald, casado com o deputado carioca do Psol David Miranda, engrossa o coro do lulopetismo contra o ministro Sergio Moro, que na época em que foi juiz federal, teria orientado as investigações da operação Lava Jato em Curitiba, tudo por meio de mensagens trocadas pelo aplicativo Telegram, com o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa.

Na semana passada, um jornalista do site do americano casado com o deputado do Psol, recebeu comenda do procurador do MPE junto ao TCE do RS, Geraldo Da Camino.

É um novo ataque à Lava Jato e ao ministro e tudo se segue a invasões de celulares do próprio Moro e do juia federal da operação carioca.

CLIQUE AQUI para examinar o próprio blog.

24 comentários:

Anônimo disse...

só vi conversas de uma equipe coesa e determinada a acabar com a corrupção...

deve ter muita gente com saudades das esbórnias petistas...

Anônimo disse...

Não adianta usar o telegram e ter os espiões facebook, whatsapp e instagram no celular, são os tres que facilitam as invasões.

Anônimo disse...

achava que vazar conversa para um bem maior era perdoado, devo estar enganado os homens de bem sempre defenderam o estado de direito

Anônimo disse...

A Mafia lulopetista demonstrou toda a sua audacia e organização criminosa para praticar os atos ilícitos mais atrozes para atingir seus objetivos ilícitos. Estamos lidando com a pior espécie humana de Bandidos. E pior, esta máfia domina o aparelho estatal, não por acaso conseguiu derrubar todas as barreiras de proteção do MPF e do ex juiz e agora Ministro da Justiça. Comprova o fato de que a máfia esta incrustada no estado em que funcionário de um banco estatal ontem ja estava vibrando com o lula livre e inocente e chamando moro e dallangol de bandidos

Anônimo disse...


Se tem algum “crime” eu não sei ...

Mas não tem nenhuma propina ou pixuleco envolvido !!

Nem a Odebrecht estruturou alguma coisa ...

A conversa essa não foi num triplex ....

Então podem ir à PQ ...

Anônimo disse...

"O silêncio abissal dos Movimentos Feministas e LGBTs já era esperado, diante do perfil dos autores do crime. (...) Indignação é vivermos em um mundo onde a empatia com o sofrimento alheio depende não da dor sofrida, mas da sua própria ideologia e, principalmente, se quem impõe essa dor faz parte de seu 'coletivo'."
https://www.cadaminuto.com.br/noticia/340274/2019/06/06/o-menino-que-nao-era-um-cachorro-no-carrefour

Anônimo disse...

Kkkk...quando o moro grampeou Dilma e Lula dai não era criminoso. Tu é bem ordinário.

Anônimo disse...

Todos criminosos. Guerra de facções

Anônimo disse...

O militante da mafia lulopetista das 9:02 deixa de ser sem vergonha! Não compare a escuta autorizada por um juiz que tem poderes para tal e que estava investigando um cidadão sem foro - lula - e a invasão criminosa SEM AUTORIZAÇÃO judicial de mensagens de autoridades públicas. Mas para os bandidos petistas é assim não existe a verdade mas sim a mentira útil, e a relativização dos crimes cometidos por eles para tentar igualar tudo e a todos. BANDIDOS

Unknown disse...

The intercept? O nome já sugere interceptação. Não sendo autorizado pela justiça, é crime. E hackear duplica o crime.

Anônimo disse...

Esse comentário que é ordinário! Tinha ordem judicial ! São coisas diferentes!
É ignorância ou burrice hein???

Anônimo disse...

Atenção Dr.Moro, vamos seguir o exemplo dos EUA com o Wikileaks, vazamento criminoso de informação confidencial é crime, cadeia para os responsáveis por este site que divulgou conteúdo confidencial.

Anônimo disse...

Ai, ai.
Que burro!

Anônimo disse...

Supremo condena Protógenes Queiroz por condução da operação satiagraha:

21 outubro 2014 - Conjur

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal condenou o deputado Protógenes Queiroz a 2 anos e 6 meses de prisão por violação de sigilo funcional qualificada. A decisão, unânime, foi tomada em recurso ordinário apresentado contra decisão da Justiça Federal que o condenava também por fraude processual. Com a condenação, ele perde o cargo de delegado da Polícia Federal e a Câmara será intimada a cassar o mandato de deputado federal pelo PCdoB-SP.

(...)

O julgamento desta terça foi uma das consequências da atuação de Protógenes na condução da operação satiagraha, da Polícia Federal. A ementa da operação diz que ela apurou denúncias de crimes financeiros cometidos pelo banco de investimentos Opportunity durante a privatização da Brasil Telecom. Hoje, corre no Supremo um inquérito que investiga se a satiagraha foi financiada por adversários de Daniel Dantas, dono do Opportunity, no mercado financeiro para derrubá-lo do controle da BrT.

Também corre no Supremo inquérito que investiga outras acusações de violação de sigilo profissional por Protógenes. O Inquérito 3.764 apura grampos ilegais e vazamento ilegal de grampos autorizados feitos pelo ex-delegado. (...)

PS: O caso do ex juiz moro e dos procuradores é pior porque juiz não é parte, parte são o MPF e advogados, não e dado as partes trocar figurinha com o Juiz (e vice-versa) seja para absolver ou para condenar, muito menos o MPF se aconselhar com o juiz ou o juiz conduzir ou opinar sobre a investigação....

Anônimo disse...

A pergunta que tem que ser feita: é verdade ou mentira? Os Procuradores não negaram o conteúdo.

Ou seja, se tramaram para condenar o lula, contaminaram o processo devem sofrer as penas da Lei.

Ariel disse...

nA TROCA DE MSG, VI O QUANTO NOSSO LADO DO BEM TÊM SE EMPENHADO EM TIRAR O BRASIL DO ATOLEIRO MAS, SABEMOS, A ESCORIA GRITA, SARACOTEIA, RASGA AS VESTES, E GRITA QUE GRITA; PÁU NELES, MORO!!!!

Cris disse...

O que há de errado em tecnocratas envolvidos em colocar os mesmos bandidos na cadeia conversarem?
Tudo tinha que estar perfeito... e estava...
Haveria alguma coisa reprovável se um deles trocasse mensagens com os acusados, e depois julgados...
Só rindo ... e rindo muito...
Minha opinião ???
Puro desespero dos meliantes...

EU ACUSO! disse...

PROVA ILÍCITA NÃO CONDENA, MAS PODE ABSOLVER. ANULAÇÃO DE PROCESSOS E FIM DA LAVAJATO?

Anônimo disse...

Não vi crime nenhum.... A PTZADA vai virar e virar tentando fazer um carnaval... Não vai dar em NADA. Chora PTZADA.

Anônimo disse...

"Anônimo disse...
Kkkk...quando o moro grampeou Dilma e Lula dai não era criminoso. Tu é bem ordinário.
10 de junho de 2019 09:02"

O idiota. O grampeado era o Lula, bandido investigado, com grampos LEGAIS autorizados judicialmente.

O que foi feito agora é crime. Não houve ordem judicial, não houve escuta através de operadora de telefonia, muito menos recolhido aparelhos celulares legalmente pela polícia.

Se o babaca não consegue perceber a diferença de uma situação para outra, só confirma de que lado você está.

Anônimo disse...

QUEM COM FERRO FERE, COM FERRO SERÁ FERIDO.
Moro grampeou o telefone do Lula e da Dilma e divulgou as conversas. Agora....

Anônimo disse...

Homens de bem. Kkkk

Anônimo disse...

Apenas um detalhe! Eles não são e não podem ser uma equipe! O juiz deve ser neutro! Do editor deveria saber disto, ou comprou seu diploma?

Anônimo disse...

Que asno! Ordem judicial para grampear uma presidente?