Indicadores antecedentes reforçam cenário de recuperação da economia, diz FGV

O Indicador Antecedente Composto da Economia (IACE) avançou 1,3% entre dezembro e janeiro, para 116,5 pontos, conforme divulgado ontem pela FGV e pelo The Conference Board. Da mesma forma o Indicador Coincidente Composto da Economia (ICCE), que mensura as condições econômicas atuais, cresceu, ao variar 0,2% no mesmo período, atingindo 102,8 pontos. 

Ambos os resultados caracterizam a continuidade da tendência de recuperação da economia brasileira, observada nos últimos meses.

Nenhum comentário: