Sartori abre mão de receber reajuste salarial

Sartori esta manhã, no Palácio, quando fez o anúncio.



O governador do Estado José Ivo Sartori abriu mão do reajuste salarial, que havia sido sancionado na última sexta-feira.

. Após ser criticado por sancionar o aumento diante da situação financeira do estado, Sartori e o vice-governador, José Paulo Cairoli, anunciaram na manhã desta segunda que o documento que volta atrás na decisão já foi assinado.

. A decisão tem duração por tempo indeterminado.

24 comentários:

Anônimo disse...

Agora só falta ele defender o Salgado Filho! E exigir um aeroporto para Caxias e Gramado em Vila Oliva, já que estamos falando de um dos principais polos metais-mecânicos do Brasil e de um dos principais destinos turísticos do país!

#AbreABocaSartori #TeManifestaHomem

KARLÃO disse...

O aumento de salario dos 2 não é nada perto do resto da turma dos deputados, judiciário etc, e ai como fica , demagogia barata...............

Anônimo disse...

A dona Elsa deve ter puxado as orelhas do gringo esse final de semana.

o vingador disse...

agora sim ele foi demagogo porque não o fez no ato da assinatura
esperou a pressão para ter dor de estomago e vomitar.

Anônimo disse...

Ficou pior a emenda que o soneto. Demonstrou ser fraco ... mas , a propósito, fizeram bafometro nele? ehehe

Anônimo disse...

se borrou todo, so que agora o estrago ta feito,politico sem rumo e convicção que sob pressão se borra todo.

Glauco Fonseca disse...

Podem dizer o que quiserem, mas eles voltaram atrás - ele e Cairolli - e mostraram grandeza. Agora vamos observar a parte II da cretinice dos deputados do PT. A parte I da cretinice foi ELES NÃO TEREM, ELES MESMOS, ABERTO MÃO DE SEUS REAJUSTES e a parte II é agora eles abrirem mão do reajuste, juntamente com TODA A BASE ALIADA DO GOVERNO DO RS. E chega, pois esperar do judiciário qualquer ação nesta direção é acreditar em coelhinho da páscoa vestido de papai noel.

Rigor Crítico disse...

Raciocínio modo livre-pensar a respeito do "senso de repercussão" de Sartori: 1. Na seara da vida pública a ética profissional é ampliada dum pequenito adendo mais ou menos assim: "Há de haver uma maior sensibilidade (sintonia fina) da autoridade pública quanto ao geral de caráter republicano democrata"; 2. No RS o cidadão comum vive praticamente com nervos à flor da pele ou noutro dizer, todo mundo se sente à beira dum ataque de nervos; 3. Considero que Sartori identificou tal tendência à angústia/aflição de crises na população que só avolumam daí insistir c/ "Meu partido é o Rio Grande"; 4. Praticamente só os adversários interpretaram haver má-fé/malícia/ilusionismo daí que desfecho 61% X 39% deu ao Sartori uma convicção: população c/ tendência ao contentamento/satisfação; 5. Pergunta boazinha: "qual o motivo de o cidadão-eleitor se sentir contente pelo ascender de seu designado?"; resposta boazuda: “deve ter sido a primeira vez que um candidato priorizou a razão da época”; 6. Reparar que "estar contente" é absolutamente diferente de "esperançar"; estar contente indica desejar mais de mais melhorias enquanto que ter esperanças indica buscar salvação/milagre; 7. Imagina-se que Sartori descobriu algo assim: “a atitude do governante de se privar de parcelas de rendimentos, mesmo que justíssimos à época, faz parte intrínseca ao slogan de sua campanha”; 8. Ora pois então dá de pensar que a divisa "Meu partido é o Rio Grande” deverá repercutir (toc toc toc) por mais e maiores contentamentos junto à coletividade riograndense.

Anônimo disse...

E o reajuste dos vinte e tantos secretários ... não fazem parte do governo dele ???

Já dá para perceber que o Sartori é um tanto atrapalhado ..De governador em governador o Rio Grande vai se enterrando.

FAÇANHA, o Integralista disse...

Coisas do Amácio Mazzaropi de Caxias...

Anônimo disse...

Exceto dos deputados, que existe a tal 'cascata' - atrelado aos dos deputados federais e senadores, os demais NÃO deveriam receber nada, afinal o setor privadeso tá na pior com tudo que está vindo; resultado de um governo petista irresponsável e arrogante.Será que Dilma Gastona Irresponsável Roussef irá ecnomizar como exige dos demais?

Anônimo disse...

Pura demagogia!!! Desgaste totalmente desnecessário!!! Não precisava ter passado por esta!!!

Anônimo disse...

E preso por ter cao e ou preso por nao ter cao, nao em escapatoria.Se ficar o bicho come, se correr o bicho pega.Se ele nao recusase ele seria crucificado, como recusou esta sedo crucificado.Qualquer jogadorzinho de meia tigela ganha mais que 100 mil reais no Gremio ou no Inter, um Governador de Estado pelas responsabilidades e enchessao de saco nao ganha bolhufas.E por isso que me aposentei e so quero curtir a vida.

Anônimo disse...

Repito o erro do Governador ou de quem o assessora foi não ter chamado os poderes Judiciário e Legislativo e colocado na mesa a situação financeira do estado e prorrogado qualquer reajuste nos três poderes. Errou, voltou atrás para corrigir. Espera-se agora o mesmo dos deputados e do poder judiciário. Pelo menos pelo período de 180

Anônimo disse...

E os "deuses" (judiciário)não vão renunciar o aumento?

Joel

Anônimo disse...

Não adiante recusar o aumento (juridicamente). Deve alterar a lei.
Esta história de renúncia já deu o que falar, por exemplo, o vice do Tarso, renunciou a aumento em São Lço e depois entrou justiça para receber a diferença!

Anônimo disse...

engraçado todo mundo falou do aumento do governador , ninguém falou dos deputados e outros . Então o governador e seu vice declinaram do aumento e mesmo assim ainda não esta bom . Vamos ver se mais alguém tem esta atitude . Os beneficiados foram muitos mas ninguém abriu o bico para levar a culpa junto .

Anônimo disse...

Grande Sartori deicha os selviculas sem saber oque Fazer. Otima manobra, else nao podia comprar briga com a assembleia, e servidores, infelizmente Como fez Yeda. Esta comendo pudim quente.......out seja, pelas bordas. O aparelho due extrema esquerda pronto para ataca-lo tera que pensar duas vezes. Comprou tempo e paz. Estou cada vez mais otimista com Sr. Sartori.

fred oliveira disse...

E Dilma, que está afundando o país, aumentou seu salário em 15%. Merecia?

Anônimo disse...

E o Ministro Padilha? Tb voltará atrás? O veto à ampliação da pista do Salgado Filho é igualmente impopular e trás efeitos igualmente nefastos ao RS.

Anônimo disse...

Estão todos caindo no jogo do PT ao malhar o Sartori por causa deste episódio.

QUALQUER UM (Tarso, SArtori Anamélia etc.) não teria vetado esta lei.

Queriam que o Sartori fosse populista e demagogo ao vetar a lei, sabendo que o veto seria derrubado por unanimidade...

É incrível como o PT consegue manipular até mesmo os anti-petistas.

Ivo leo Hammes disse...

Valeu José Ivo Sartori. Fez certo. Antes tarde que nunca. Vamos adiante e deixa os cães latir.

Anônimo disse...

Coitado de nós gaúchos com este governinho super fraco.
Publica uma norma num dia e no outro volta atrás.
Afinal, quando ele irá começar a governar???

ganhatudo disse...

Só Pirotecnia!!!!!!!
Será que os gaúchos estão tão mal que aceitam pirotecnias inexpressivas?