Entidades de direitos humanos querem ser ouvidas na escolha do comandante da Brigada e do chefe de Polícia

As entidades gaúchas ligadas à área de direitos humanos quer ser ouvida na escolha dos novos Comandante da Brigada e Chefe de Polícia.

. Isto não vem acontecendo.

. O novo secretário da Segurança examinou a lista de nomes com o governador José Ivo Sartori. Ele é gaúcho, mas está há muito tempo fora do Estado e além disto tem a cultura da Polícia Federal.

O melhor do gênero segundo Veja.
Porto Alegre
100 rótulos diferentes de chopes e cervejas artesanais.
Serviços, cardápio, carta
www.biermarkt.com.br

18 comentários:

Anônimo disse...

ELES PRECISAM OUVIR AS PESSOAS QUE TEM SEUS PARENTES MORRENDO NAS FILAS DO SUS.

Anônimo disse...

A Entidade dos Direitos Humanos NÃO TEM QUE SER OUVIDA PORCARIA NENHUMA. Direitos humanos é para os humanos de bem, e não para os BANDIDOS que essa entidade protege.Porcaria de entidade essa.

Tem que detonar este cabide de emprego!!!

Anônimo disse...

Políbio,

Qual foi a votação das tais ONGs??

JulioK

Anônimo disse...

Quem sabe ele fale com o presidente da comissão de direitos humanos da oab e pergunte-lhe quais as funções que ocupa na atual secretaria de segurança?

Anônimo disse...

Para que? O maior problema hoje em dia é o grau de insegurança que vive a população rio-grandense com péssimos investimentos em politicas imbecis como o Território da Paz, o péssimo preparo dos policiais e além de tudo tem de agir de maneira politicamente correta para não afender o "direito dos manos".

Precisamos de mais presidios, punição rigorosa e educação para prevenção e desistimulo a criminalidade.

Não é o direito humanos que irá resolver.

Anônimo disse...

esse pessoal dos derecthco umanos não tem votos e querem governar...

ninguém elegeu vocês...

querem governar?

candidatem-se...

Anônimo disse...

O novo comandante da Brigada preferencialmente deve ser um que goste dar porrada e prender bandido e principalmente não siga a cartilha da Maria Petralha do Rosário!

Anônimo disse...

QUE PETULÂNCIA. A PETEZADA JÁ COMEÇOU A FAZER OPOSIÇÃO AO SARTORI, QUE AINDA NÃO ASSUMIU. O SARTORI TERÁ QUE SER MUITO FORTE, PORQUE CONHECEMOS O QUE O TARSO E A LUCIANA GENRO APRONTARAM PARA A GOVERNADORA YEDA.

Anônimo disse...

Quem foi eleito Governador?

Anônimo disse...

Quem foi eleito Governador?

Anônimo disse...

Quem foi eleito Governador?

Anônimo disse...

Segurança pública envolve respeito aos cidadãos que sustentam e mantém moralmente este país. Os tais dos grupos dos "direitos humanos" são meros defensores de bandidos , principalmente quando avermelhados ideologicamente. Bandido tem que ir para a cadeia, cumprir integralmente sua pena e pagar o dano provocado as suas vítimas.Se os grupos de direitos humanos ajudarem a fazer isto então pode haver diálogo com eles, caso contrário devem ser ignorados.

Anônimo disse...

O PT querendo levar o PCC gaúcho para dentro da Brigada Militar?

Anônimo disse...

Só se as entidades de direitos humanos ouviremos as pessoas que foram assaltadas e tiveram seus carros depredados ontem é também aquelas que tem tido seu direito de ir e vir cerceado por protestos sob os olhos Dr agentes ideológicos sem identificação da BM.

Protestem, mas com limites e no lugar certo.

Anônimo disse...

Indico a Maria do Rosário para o cargo. A bandidagem, iria agradecer e fazer festa.

Anônimo disse...

Essa turminha de cabo eleitoral da Maria do Rosário dos Manos tem que ficar quietinha. Vão encher o saco de batata lá na Ceasa!!!

A Verdade disse...

Podiam perguntar para os chefes do tráfico e dos presídios gaúchos quem eles querem no comando da Brigada. Seria mais prático.

Anônimo disse...

As entidades de direitos humanos estão completamente desmoralizadas. Se tivessem o minimo de decoro trocavam o nome
para DIREITOS HUMANOS DOS BANDIDOS.
Não fazem isso porque acreditam ainda têm otário que acredita no
nome fantasia.