IBGE: Emprego na indústria volta a cair

O emprego na indústria caiu 0,7% na passagem de agosto para setembro, a sexta taxa negativa consecutiva, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Como resultado, o emprego acumula perda nesse período de 3,5%.

. Na comparação com setembro de 2013, o emprego industrial apontou uma queda de 3,9%, o 36º resultado negativo consecutivo e o mais intenso desde outubro de 2009 (-5,4%). No acumulado de 2014, os postos de trabalho na indústria recuaram 2,8%. Em 12 meses, houve queda de 2,6% no emprego na indústria.


. O valor da folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria recuou 1,3% na passagem de agosto para setembro. Segundo o IBGE, houve influência negativa da indústria de transformação, cuja folha caiu 1,5%. Já o setor extrativo registrou avanço de 3,2%. No ano, o valor da folha de pagamento real acumula ligeira redução de 0,1%. No acumulado em 12 meses, a queda de 0,5% em setembro foi o primeiro resultado negativo desde junho de 2010 (-0,1%).

Um comentário:

fred oliveira disse...

Deem uma olhadinha no que está ocorrendo no porto de suape, em PE. Desemprego em massa e não é só por causa do encerramento das obras de construção civil, não. É crise mesmo. São funcionários de escritório e operação, como na empresa de eólica Impsos ( não sei se é esse mesmo o nome ).O Brasil está quebrando.hn