Médicos só intervieram depois que Bolsonaro sentiu-se mal em Brasília

Os médicos só recomendaram cancelamento das agendas de ontem e desate final de semana, depois que o presidente eleito Jair Bolsonaro sentiu-se mal, ainda em Brasília, ao embarcar para o Rio.

Bolsonaro não está bem.

Em caso de impedimento do presidente, assumirá seu vice, o general Hamilton Mourão.

É o que diz a Constituição.

Isto aconteceria, mesmo que Bolsonaro não viesse a ser diplomado pelo TSE, segunda-feira.

9 comentários:

Anônimo disse...

todo mundo se sente mal em algum..

e muitos nem tem problemas de saúde serio...

é normal...

Anônimo disse...

todo mundo se sente mal de vez em quando...

e muitos tem estado de saúde normal...

Anônimo disse...

#RenanNão

Anônimo disse...

Ou talvez tenha passado mal por causa do COAF, notícia que talvez o editor não tenha visto...

Anônimo disse...

Foi jogada pra platéia.
Hoje, sábado, ele foi na dita formatura.

Anônimo disse...

Ele tem que tomar medicamento contra o COAF e outro contra família mal estruturada e sem educação e...

Anônimo disse...

Estão lembrados que ele foi apunhalado na barriga e que ainda mantém aquela bolsinha? Há pouco, os médicos não a retiraram porque havia ainda inflamação. A falta de solidariedade e a maldade humana não tem limites. Que Deus nos ajude e que não se repita o que aconteceu com o Tancredo!

Anônimo disse...

Sim e estava com muita tosse coaF coaf

Anônimo disse...

Petralha 10:05 e o COAF é contagiosa??? Pois o Bolsonaro fazem anos que nem se encontra com o Lula e os filhos dele que estavam com esta doença a tal de COAF HEREDITÁRIA!