Valter Nagelstein diz que é Smam quem barra avanços da construção civil em Porto Alegre

O Sinduscon/RS denunciou o Ibama, ontem, que estaria constrangendo as construtoras, incorporadoras e loteadoras, devido a exigências inesperadas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que tem dificultado a obtenção de autorizações de supressão de vegetação e impedido a emissão de licenças ambientais.

Esta manhã, numa longa conversa com o editor, o presidente da Câmara de Vereadores, Valter Nagelstein, que foi secretário de Urbanismo e da Smic, disse ao editor que em última análise tudo emperra é na Smam e não no Ibama:

- O problema que o Sinduscon não quer ver, é que isto tudo esbarra na Smam. Eles querem tratar Porto Alegre como se isto aqui fosse a floresta amazônica.

Pelo menos 67 projetos já foram prejudicados, paralisados em Porto Alegre, afetando cronograma de obras e impedindo a contratação imediata de aproximadamente 2.600 trabalhadores.
    
Ocorre que normativas do Ibama determinam que todos os pedidos de autorização de manejo de vegetação nativa sejam feitos através do Sinaflor (Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais - Sinaflor). Porém, os Municípios responsáveis por tais autorizações têm enfrentado problemas na operação do Sistema, inviabilizando que os pedidos sejam analisados. Dessa forma, as licenças de projetos que necessitam deste tipo de autorização não podem ser emitidas.

10 comentários:

Anônimo disse...

Eu acho que é a falta de propina dos picaretas da contrucao civil p os q tao na conta deles q não destranca isso kkk

Cris disse...

Porto Alegre é capital do RS e centro de uma Região Metropolitana... e com certeza não é igual a Bagé...
Quando vejo um advogado ter opiniões sobre conservação ambiental e urbanismo , matérias que não compõem o curriculum de suas Faculdades , consigo entender o desespero de um jurista sério com conversas de bar de biólogos e engenheiros sobre suas áreas...
Organizar Porto Alegre é tarefa de seus planejadores urbanos, e a SMAM está protegendo a qualidade de vida da totalidade de habitantes desta cidade , o que aliás é A SUA TAREFA...
Talvez se ela estivesse atrás de dinheiro para financiar campanhas políticas de seus técnicos os pareceres poderiam NÃO ser sérios como atualmente são ... mas este não é o caso...

Anônimo disse...

sinceramente, esse paletó é uma das peças de roupa mais feias que eu ja vi na minha vida...

espero que a foto não seja recente e que tenha abandonado esse negocio...

é jeans?

horroroso...

Anônimo disse...


Levei mais de um ano para a retirada de uma porcaria de uma árvore. Toda hora era uma exigência diferente.

Visitas e mais visitas.

Um atraso só.

Os terrenos baldios, com IPTU atrasado e lixo acumulado servindo de alimento pra ratos e baratas eles não cuidam.

Só tratam de aumentar a crise do emprego e do desenvolvimento.

Agora o Bolsonaro vai tirar a estabilidade e esse pessoal vai ter que trabalhar ... mesmo .

Ou produz e demonstra efetividade ou será peomovido para o mercado.

Anônimo disse...

Se soubessem da atitude da SMAM em relação a uma arvore que demorou quase 10 anos para ser cortada na calçada do outro lado da rua à minha casa. Tal o tamanho da árvore que se caísse destruiria a minha casa, para se ter ideia. Eu tinha, inclusive, laudo de biólogo informando que a árvore com aquele porte era proibida no passeio, o passeio estava sem acessibilidade, havia muitos cabos da CEEE entre os galhos, parte da raiz já estava na pavimentação da via, ... Estiveram no local para somente podar; liguei para a SMAM e ameacei ir na polícia denunciar por tentativa de homicídio doloso, inclusive que estivera na minha casa um sujeito semanas antes informando que o corte estava autorizado, mas para acelerar custaria R$ 7.500,00. Horas depois reapareceram para cortar a árvore. Inclusive, deixaram toda a raiz que para ser arrancada foi necessário contratar pessoa especializada. E o passeio, por óbvio, ficou sem pavimentação. É o Deep State esquerdopata.

Anônimo disse...

Não é uma secretária ou ex-secretária do meio ambiente que está cotada para o meio ambiente e "DESTRAVAR AS OBRAS DE ESTRADAS" e agricultura no GOVERNO BOLSONARO??? Se positivo, com esta amostra de BODAS DE PRATA da rapidez "COM CERTEZA" Bolsonaro não exitará e o nome dela será escolhida para executar obras com inauguração prevista para o o ano de 2019 (ATUAL)+25(LICENCIAMENTOS)=2044 SEM FALTA!

Anônimo disse...


Não é SMAM, sim alguns funcionários em postos de confiança ligados ao PT/PSOL/PCdB-SIMPA da mesma forma que ocorre na SMPG. Não se entende porque o pessoal do Prefeito que entrou neste governo faz "vista-grossa". Tem Gestor com processo parado no setor que deveria dar seguimento para apuração de fatos mas a coisa não anda.

Anônimo disse...

Acaba com esta secretaria....só podem ser inimigos do povo..

Anônimo disse...

E os projetos no Estado são barrados na FEPAM.

Anônimo disse...

Cris, não precisa ser biólogo pra ver que não funciona essa porcaria de secretaria. Qualquer cidadão de Porto Alegre que precise de qualquer serviço público e caia nessa maravilhosa secretaria, já sabe que está ferrado. Vejo teu comentario como algo pessoalizado contra o presidente da câmara, Valter Nagelstein, que tem toda a razão sobre isso. Não podemos justificar a incompetência desses tecnocratas e burocratas alimentados por partidos da extrema esquerda por quem estar reclamando não ser um engenheiro ambiental ou biólogo. Vai ver o que são as faculdades de biologia antes de vir falar de qualquer coisa, são ninhos petistas e psolistas, de drogas e vagabundos.