Luciano Hang, fantasiado de gaúcho, abre sua mega-loja da Havan em Passo Fundo

O próprio dono da Havan, Luciano Hang, segundo da esquerda para a direita, fantasiou-se de gaúcho para fazer propaganda da sua chegada ao RS.

A rede varejista Havan inaugurou, hoje de manhã, a sua primeira mega-loja do RS.

Ela saiu em Passo Fundo.

A Havan construirá sua mega-loja de Porto Alegre na área existente ao lado da saída da Capital pela freeway.

A rede catarinense, conhecida pelas estátuas gigantes da Liberdade que ergue diante das suas mega-lojas, constrói uma segunda unidade, desta vez em Caxias do Sul.

32 comentários:

Justiniano disse...

Além dele o Ratinho também veio fantasiado de gaúcho.

Bessias Estafeta disse...

O Rio Grande que presta precisa prestigiar esse empreendimento, até porque vende mais barato que muitas outras redes varejistas.

Anônimo disse...

“Fantasiado”? Muito bom!

Jeea disse...

Políbio, porque "fantasiou-se" de gaúcho e não "vestiu-se" de gaúcho? Acho que ele quis nos homenagear.

Anônimo disse...

Era bom colocar a bandeira do Brasil tremulando na entrada da loja.

Anônimo disse...

Trajou-se de gaúcho é mais adequado.

Anônimo disse...

Soh vende porcaria

Anônimo disse...

Fantasiado teu cu.

Anônimo disse...

"Fantasiado" seria o termo certo?

Anônimo disse...

Fantasiado, Políbio? Respeita povo que tem tradição. O senhor e uma verme.

Anônimo disse...

Chamar pilcha de fantasia é característica dos homossexuais. A tua cara, Políbio.

Maria Aparecida Vieira Souto disse...

Desde quando a "roupa de gaúcho" é fantasia? Que desrespeito às nossas tradições!

Maria Aparecida Vieira Souto disse...

Desde quando a "roupa de gaúcho" é fantasia? Que desrespeito às nossas tradições!

Anônimo disse...

Políbio, não se diz fantasiado de gaúcho, mas sim usando uma pilcha gaúcha. Fantasia é para palhaço.

Anônimo disse...

A própria guaipequisse...a cara dessa gente cafona interiorana ...Se merecem a figura do muambeeiro contraventor e a gauchada de la

Anônimo disse...

Fantasiado editor?

Anônimo disse...

E todos funcionários tem que andar com uma camiseta "I love Bozo", se não vão ser todos demitidos...
Pior que depois do que esse cara fez financiando a enganação dos trouxas (ops bolsominions) pelo WhatsApp, a tendência é quebrar essas lojas assim que as pessoas começarem a ver as merdas que vão rolar nesse desgoverno. Bom, nem começou e já se vê que é um fiasco.

Anônimo disse...

E todos funcionários tem que andar com uma camiseta "I love Bozo", se não vão ser todos demitidos...
Pior que depois do que esse cara fez financiando a enganação dos trouxas (ops bolsominions) pelo WhatsApp, a tendência é quebrar essas lojas assim que as pessoas começarem a ver as merdas que vão rolar nesse desgoverno. Bom, nem começou e já se vê que é um fiasco.

Anônimo disse...

estátuas da liberdade gigantes. Tá difícil. O editor não aprende nunca.

Anônimo disse...

Separa do Brazil que várias lojas americanas e de várias partes do mundo vêm pra cá rapidinho, não precisamos dessa porcaria:

https://www.youtube.com/watch?v=50aC1hczesw

Anônimo disse...

Era bom colocar a bandeira do Brasil tremulando na entrada da loja.

A Havan é catarinense, não brazileira

Pilincho disse...

FANTASIA?
O plantonista-redator do blog é analfabeto, Políbio!?

Pilincho

Carla De Carli disse...

Indumentária gaúcha não é fantasia, foi uma maneira elegante e educada que Luciano escolheu para homenagear o povo gaúcho, assim como a música e dança gaúcha. Nessa semana divulgou vários vídeos com exemplos de empresários gaúchos que trabalham pelo RS. Também colocou a bandeira do RS bem no alto da sua loja, símbolo máximo do nosso querido RS. Elevar a auto estima de seus clientes enaltecendo sua cultura é um abraço que ele dá a todos que vão frequentar seu estabelecimento. Gera empregos e movimenta a economia local, o RS precisa de mais empresários como Luciano Hang.

Anônimo disse...

Ventos de liberdade chegam no RS. Emprendedorismo, negócios, liberdade para trabalhar sem as amarras petistas da CLT. É isso que o povo pediu quando foi as urnas. A loja Havan representa esse passo importante no caminho do futuro. Seu dono, um homem de bem, foi um protagonista se doando para o bem do povo brasileiro. As pessoas na rua transpiram felicidade a olhos vistos.

É a verdade.

Anônimo disse...

POLIBIO REALMENTE A PALAVRA FANTASIADO NÃO CAIU BEM . MAS COMO SEMPRE NO BRASIL APARECEM AS HIENAS CRITICANDO DE MANEIRA MAL EDUCADA AO EXTREMO, SE APROVEITANDO DE UM DESCUIDO SEU.

EU ACUSO! disse...

O Hang é muito americanófilo.

Anônimo disse...

Pilchado, seu burro

Anônimo disse...

Caro editor, ainda que sejas natural de SC, tens uma longa trajetória no RS e desta forma creio que já deveria ter sido informado sobre a pilcha gaúcha, traje típico e previsto em lei estadual.
Portanto, o mínimo que deves, fazer é informar-se sobre o assunto antes de escrever. Senão vira fake news.

Anônimo disse...

  

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul

Sistema LEGIS - Texto da Norma


LEI:   8.813



LEI Nº 8.813, DE 10 DE JANEIRO DE 1989.

Oficializa como traje de honra e de uso preferencial no Rio Grande do Sul, para ambos os sexos, a indumentária denominada "PILCHA GAÚCHA".

DEPUTADO ALGIR LORENZON, Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul.

Faço saber, em cumprimento ao disposto no § 5º do artigo 37 da Constituição do Estado, que a Assembléia Legislativa decretou e eu promulgo a seguinte Lei:
Art. 1º - É oficializado como traje de honra e de uso preferencial no Rio Grande do Sul, para ambos os sexos, a indumentária denominada "PILCHA GAÚCHA".
Parágrafo único - Será considerada "Pilcha Gaúcha" somente aquela que, com autenticidade, reproduza com elegância, a sobriedade da nossa indumentária histórica, conforme os ditames e as diretrizes traçadas pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho.
Art. 2º - A "Pilcha Gaúcha" poderá substituir o traje convencional em todos os atos oficiais, públicos ou privados, realizados no Rio Grande do Sul.
Art. 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 4º - Revogam-se as disposições em contrário.

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO, em Porto Alegre, 10 de janeiro de 1989.

Anônimo disse...

--Toda pessoa minimamente esclarecida e que pesquisou a história do Rio Grande do Sul sabe que essa fantasia de gaúcho foi criada... o autêntico gaúcho era um vaga mundo miserável que não tinha onde cair morto... negaram-lhe a terra... espantaram dos campos... Essa "tradição" foi inventada pelos gigolôs do gauchismo que mamam na teta até hoje... Vamos ser coerente com o editor, fantasiado de gaúcho sim...

Anônimo disse...

"Megaloja Havan"???? aquela loja nem é tão grande quanto foi vilipendiado, até o Atacadão de Estrela é maior e mais estruturado. A reputação e a qualidade das mercadorias da Havan não costuma ser boas!

Anônimo disse...

Gigolo es tu miseravel. Aitentico so Lenin, né fdp