Mais dois gaúchos são abatidos a tiros, desta vez em Viamão e Alvorada

Os deputados do PMDB e do PT boicotam claramente o pedido de CPI da Segurança pedido pela OAB do RS.

Mais dois cidadãos gaúchos foram abatidos a tiros, desta vez na madrugada desta terça-feira em Alvorada e Viamão, na região Metropolitana. O caso mais recente ocorreu em Viamão. À 1h40min, um homem foi encontrado morto na rua Bonanza, no bairro Santa Cecília. A vítima, ainda não identificada, foi baleada diversas vezes, segundo a Brigada Militar. 


Mais cedo, um assassinato foi registrado na rua A, no bairro Nova Esperança, em Alvorada. Criminosos entraram em uma residência e mataram um homem de 37 anos.

4 comentários:

esvael disse...

A maioria dos assassinatos ocorrem na periferia em população de áreas de risco e entre indivíduos envolvidos com gangues e trafico de drogas. O problema é a falta de policiamento com a brigada saindo das ruas desde a criação dos azuizinhos em P. Alegre, e com o aparelhamento da Brigada. O outro é um conjunto de falhas como a falta de criação de vila militar para os brigadianos que tem de morar com meliantes em zonas de periferia. É preciso reconsiderar este aspecto, e contar com a sociedade para resolver o problema.

Unknown disse...

"Diário de Uma Guerra Civil Declarada pela Bandidagem"!!!
A novela da vida real em um tempo em que as autoridades constituídas tem atitude zero!!!

Anônimo disse...

CANETA DESESQUERDIZADORA: "MAIS DOIS PROVÁVEIS BANDIDOS SÃO MORTOS EM ACERTO DE CONTAS PELO TRÁFICO".

A CHANCE DE SEREM BANDIDOS É DE 90% POLÍBIO!

Mr. Lincoln disse...

BANDIDOS GAÚCHOS, Ó PALERMA.