Temer sanciona Lei das Estatais. Texto saiu hoje no Diário Oficial da União.

CLIQUE AQUI para ler e ver, também, reportagem do JN de ontem a noite, na qual os repórteres demonstram que Temer fala em austeridade mas alimenta gastança enorme. A reportagem elenca números assustadores sobre os novos gastos públicos. 

O presidente em exercício Michel Temer sancionou nesta quinta-feira, com vetos, a Lei de Responsabilidade das Estatais, que estabelece regras que restringem a nomeação de presidentes, diretores e integrantes dos Conselhos de empresas estatais e dificultam as indicações políticas. 

A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

Não houve veto ao artigo que estabelece 36 meses de quarentena para que dirigentes de partidos e pessoas que tenham trabalhado em campanhas eleitorais assumam postos de direção e de conselheiros nas empresas. No entanto, o governo decidiu não excluir dos conselhos os minoritários nem dirigentes de estatais.

O prazo final regimental do Projeto de Lei era 12 de julho, mas Temer queria sancionar a lei o mais rapidamente possível. O presidente interino chegou a adiar a decisão pelo menos duas veze

Nenhum comentário: