Rio Grande do Sul tem 1,3 mil desmanches clandestinos. Locais são centros de receptação de carros roubados.

Estes estabelecimentos que atuam no comércio de autopeças se tornaram irregulares com a entrada em vigor de nova legislação, exigindo registro no Detran.

As empresas regulares são apenas 217 empresas na listagem.

Os desmanches irregulasres são o principal destino de automóveis roubados, onde são desmontados para revenda de peçpas usadas., que não são atacados como devem. 

Um comentário:

Unknown disse...

Só falta serem capitaneados pelo tal assessor do ex-secretário de segurança do RS... Facção é facção...