Na CPI, Eduardo Cunha chama lista de Janot de "piada"

Em depoimento na CPI da Petrobras, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quinta-feira que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o incluiu na lista de investigados da Operação Lava Jato de forma “leviana” para criar “constrangimento”.

Cunha classificou os pedidos de abertura de inquérito da Procuradoria Geral da República (PGR) contra 47 políticos de “piada”, “escolha política” e tentativa de transferir a “crise” de um poder para o outro.

2 comentários:

Anônimo disse...

Concordo, muitos que estão nesta lista constam apenas para satisfazer a orbe PTRALHA!

Anônimo disse...

O, Janot, dá para ver que você caiu de para-quedas no cargo,
tendo por QI (quem indica) os petralhas. Se tivesse estudado,
se fosse aluno aplicado, pelo MENOS para DISFARÇAR teria colocado alguns ladrõezinhos do poder executivo ( e é uma babilônia) , que tem as CHAVES DOS COFRES, mais não. Trabalho nuito mal feito! Se puder conta outra, sem a aprovação do Cardoso.
.