Cobranças públicas sobre contradições do novo governo começam a irritar Sartori

Sartori, foto ao lado, está menos sorridente - 


O governador José Ivo Sartori confundiu-se, apresentou contradições e foi escapista ao falar esta manhã com experientes jornalistas da Rádio Gaúcha, RBS. Eles não costumavam ser tão duros com o governador Tarso Genro, poupado pelo grupo dos Sirotsky durante todo o seu desastroso mandato, mas foram implacáveis com seu sucessor, que precisa se acostumar com cobranças cada vez mais duras - e se preparar melhor. Os 100 dias de graça que costumam ser concedidos aos novos governos está se esgotando. 

O novo governo tem sido poupado pelo PT, desmoralizado pelo governo desastroso de Tarso Genro e mergulhado até o pescoço na lama do Petrolão, mas boa parte da mídia e da opinião pública não parecem dispostas a esperar mais tempo por propostas claras de enfrentamento estrutural da crise de governança e das finanças públicas do Estado. 

O Estado não quer mais do mesmo.

A entrevista foi para o programa Gaúcha Atualidade.

Ao ser confrontado com o teor das críticas que fazia a Tarso por usar os depósitos judiciais (R$ 11 bilhões em quatro anos, mais do que todos os outros governos juntos) e, agora, utilizar R$ 300 milhões para cobrir despesas, Sartori negou por três vezes que tenha feito isto, mesmo que seu secretário da Fazenda, Giovani Feltes, tenha passado esta informação de público.

Mais tarde, em nota, o governador voltou atrás e avisou que tinha entendido mal a pergunta, já que o saque foi usado para cobrir pagamento da prestação da dívida com a União e não para pagar salários.
Seja como for, dinheiro do caixa único e dos depósitos judiciais não são carimbados e fica complicado saber seu verdadeiro destino.

Ao ser indagado sobre a insegurança pública, o governador também negou que a polícia esteja atuando menos, quando é evidente que está, o que decorre de cortes na área. Ele chegou a se irritar com o jornalista Daniel Scola, que insistiu com a questão. Por pouco não repetiu os "meu queridos" de Dilma:

— Aí, meu filho, eu não vou discutir publicamente algumas questões — encerrou.
Sartori também não quis adiantar se haverá atraso no pagamento dos servidores públicos, que deveriam receber na próxima semana:

— Até a semana que vem tem muito tempo — disse.


Apesar do bom humor que tem demonstrado em suas aparições públicas e até nas entrevistas, José Sartori parece cada vez mais encurralado pela falta de dinheiro e sua necessidade de cobrir despesas impostergáveis, como as que estão relacionadas com pagamento de pessoal, saúde, educação e segurança, pelo menos. 

18 comentários:

Anônimo disse...

Na entrevista de hj a rosane de oliveira ou como dizem , estava em um estado etílico meio avançado, ou como também dizem não é mto afeito à lida ehehe...ta bem esse estado que a direita botou ai hein?

FAÇANHA, o Integralista disse...

Então convide ele o Tarso para secretário da Fazenda...

Anônimo disse...

Mais grosso com os reporteres que dedo destroncado como se diz na serra.

Anônimo disse...

Sartori é um lixo. Deprimente a ignorância e o desconhecimento do cidadão.
Pega a enxada e volta pra colônia que a tua mamãe agradece.

Anônimo disse...

Bem feito pro Gringo. Foi dar entrevista para os petralhas enrustidos, eu ouvi as tentativas da Rosane em confundir. Nunca fizeram este tipo de entrevista com o Tarso. Sartori non vada a bordo da RBS, vai te lascar. Pede uma rede estadual, fale e esclareça o enrosco todo, diretamente ao povo em todas as emissoras e radios. Faça como o Obama...

Joel Robinson

Anônimo disse...

Eu quero ver mais.
Por enquanto Sartori está como alguém que pegou uma onda forte e levou um caldo.
Deixa o homem trabalhar
Por enquanto está um disse que me disse e tem até animador de auditório dando pitaco e botando veneno na questão.
Menos, pessoal. Menos.

Anônimo disse...

tudo passa por uma noticia veiculada antes de iniciar o governo. a comunicação está em mãos despreparadas. o governador corre atrás do proprio rabo pq foi exposto com uma semana de governo e assim vai seguir até o fim do mandato. hj pela manhã ficou claro que só esperavam um deslize pra deitar e rolar em cima do governador. o pessoal ainda trabalha pro tarso la na erico verissimo. será este mais um governo em que os secretarios se esquivam de defender? cuidado, gringo.

Anônimo disse...

Acho que o Governador tem que se preparar melhor para dar entrevista no terreno com areia movediça.Acho bom ele verificar como O Governador Geraldo Alkmin engole seus entrevistadores com dados técnicos e sem esquentar a cabeça,foi bombardeado por todos os lados com o problema hídrico e conseguiu levar a eleição no primeiro turno.Contra dados não há argumento e a verdade deve prevalecer com dados técnicos.

Anônimo disse...

O anônimo das 17,42 escreveu"DEIXE O HOMEM TRABALHAR" Tá certo, porque até agora a única coisa que o gringo fez, alem do calote, foi nomear milhares de amigos para milhares de cargos, mais do que tinha na época do Tarso e tambem criar a secretaria para sua esposa amada...

Anônimo disse...

Políbio,

Que maravilha:

O PT_PAGO comentou as 15:02+15:07 usando dois perfis.

Voltou as 16:04+16:06 com mais dois perfis.

Conclusão: - Um mesmo IDIOTA usa 4 perfis falsos para encher o saco.

JulioK

Anônimo disse...

A RBS,vai tratar o governo do Sartori do mesmo jeito que tratou o gov.Yeda. Pq...??? assim como a Yeda o Sartori cortou toda a verba de propaganda. aí pisou nos calos desse famigerado grupo RBS.

anonimo das 16.04 disse...

Julio k sou o anonimo das 16,04 não tenho nada a ver com os demais que citas e não me identifico por ser funcionario publico concursado ao contrario de sua senhoria que usa pseudonimo de Julio K pior que ser anonimo e PT pago e a senhora sua progenitora.sou critico de quase todos os politicos não importanto sua filiaçào e tenho para mim de todos os que conheci o Sr. Francisco Turra como honesto. e honrra inatacavel e abono hoje o mandato de seu filho Sergio Turra serei petista sua anta.

Anônimo disse...

A RBS Que se F....nao leio nada e nem assino, simpatizantes petistas...

Anônimo disse...

Boicote total a petistas....empresas e pessoas....nao falo e não consumo..

Anônimo disse...

Anônimo 16:04 é o Vingador, aquele
que para se vingar costuma sentar até no colo do padre e não desgruda mais, pior que carrapato.

Anônimo disse...

A RBS tem medo do PT, é fácil bater no PMDB, PSDB DEM PP eu quero ver eles serem duros com o PT. Isso é prá macho mesmo ou fêmea com fibra. Não falo dos petistas da RBS, esses estão acostumados a bater nos demais, falo da linha editorial da RBS, que é essa vergonha parcial e medrosa.

Anônimo disse...

Mas bha tche este post hoje tem adivinhos em grande escala coitado dos anonimos e tem ate um que traz o retorno do vingador que estava desaparecido se se confirmar o que adivinham me digam os numeros da mega sena por favor. mas aviso não sou nenhum dos citados pelos adivinhadores.

Anônimo disse...

O Grupo RBS não tem a mínima credibilidade. Gruda-se nas tetas de qualquer governo (de preferência do PT, pois devem ser maiores), pois depende de verbas publicitárias públicas para adiar o próprio colapso. O Sartori continuará sofrendo a pressão PeTralha daquela turma por causa do contingenciamento das despesas que teve que impor no Estado. O atual governo deveria excluir a RBS dos contratos de mídia. Simples assim.