Dilma visita "experiência que deu certo", a do MST, que produz ridículos 0,025% do total do arroz colhido no RS

Dia 7 de fevereiro, Dilma ignorou a abertura da safra gaúcha de arroz deste ano, que irá a 8 milhões de toneladas. Hoje, preferiu prestigiar a abertura da safra orgânica de arroz dos 16 assentamos do MST, que no total produzirão 23,8 mil toneladas do grão. A produção dos assentamentos - o total de todos eles - corresponde a 0,025% da produção do Estado."Estou aqui falando para todo o Brasil ouvir que essa é uma experiência que deu certo", disse Dilma Roussef em Eldorado do Sul. A presidente não perdeu
apenas o eixo político, mas perdeu também o senso do ridículo. 
Em uma rápida passagem pelo RS, a presidente Dilma Rousseff participou nesta sexta-feira de dois atos em assentamentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) em Eldorado do Sul.

MST e CUT comandaram os espetáculos,mas até jornalistas foram proibidos de cobrir os eventos. 

Por volta das 10h, Dilma acompanhou uma colheita simbólica do arroz orgânico no assentamento Integração Gaúcha, Eldorado do Sul. Em sua segunda atividade, que começou às 11h, ela participou de uma cerimônia de inauguração do silo de secagem e armazenamento de arroz da Cooperativa Regional dos Assentados de Porto Alegre, no assentamento Lanceiros Negros.

- Nas fotos acima (clique em cima para ver melhor) alguns flagrantes da contemporânea história histriônica do governo Dilma. Os personagens que mais chamaram a atenção foram Olívio, foto acima, de chapéu, e o governador José Sartori, foto abaixo com Patrus Ananias e o chefe do Exército Vermelho de Lula, José Stédile. 

34 comentários:

Anônimo disse...

ESSE É O DIÁLOGO PROPOSTA PELA DILMA. DIÁLOGO SOMENTE COM PETISTAS, SINDICATOS E MST. POR ISSO AS MANIFESTAÇÕES CRESCERÃO EM NÚMERO E PELO IMPEACHMENT.

Anônimo disse...

Boa tarde!

Não entendi o por que da crítica. Ora, ela apenas participou de uma to solene de uma experiência que segundo ela deu certo. É evidente que se trata de uma parcela ínfima do arroz produzido ou colhido. Não estamos falando de uma experiência de produtividade e sim de produção orgânica com assentados, nada mais.
Não vejo qual é o problema nisso. Está na hora de separar bandeiras partidárias de experiências que dão certo. O mesmo pode ser dito com relação ao governo Sartori. Se der certo é ótimo para todos nós e não apenas os pmdebistas.

Anônimo disse...

esse negocio de orgânico é coisa de rico babaca que pode comprar tudo pelo triplo do preço...

é impossível alimentar o mundo com produção orgânica apenas...

Anônimo disse...

O Brasil está sendo governado por um bando de retardados.

Anônimo disse...

Prezados,

Não vi nenhuma crítica a respeito do artigo do NOVO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL sancionado em 16/03/15, que estipula o seguinte:
Reintegração de posse – Determina realização de audiência pública para ouvir todos os lados antes de decidir sobre a reintegração quando o local estiver ocupado por mais de 12 meses.

Trata-se de um verdadeiro estímulo à invasão de PROPRIEDADES PARTICULARES.
Qual é a legitimidade disto se, antes de ser sancionado pela presidenta, foi aprovado pelo Congresso com sua base aliada comprada pelo dinheiro do Petrolão.

Anônimo disse...

Cada vez que essa vagabunda incompetente vem para o RS, sentimos um cheiro de m... no ar.
Que pessoa mesquinha e enganadora.
Ela pensa que os gaúchos são como o Lula que ficou abismado quando a mesma mostrou fotos e gráficos de produção e consumo de energia elétrica no Brasil , através do power-point. O Lula ignorante como é, ficou tão impressionado que a promoveu de tal forma que virou presidente da república.
Deu no que deu . Viva a ignorância e a mentira. Viva a cachaça.

Anônimo disse...

Isso não é dialogar com a sociedade,como a Dilma disse que faria,mas somente com os seus apoiadores. Dilma continua a mentir descaradamente, nos considerando uns otários. Ainda existem os otários que a apoia.

Cap Caverna disse...

A uns meses atrás o PT tinha uma legião de bucéfalos e energúmenos que aplaudiam os chefes da quadrilha dos PaTifes. Hoje, essa gentalha sumiu, mas ainda ficaram alguns sub desenvolvidos analfabetos que são cabresteados e ficam aplaudindo a velha sargentona cafetina! Onde estão os canalhas petistas que sumiram, e não defendem mais os membros e atos da quadrilha!

Anônimo disse...

E a Fimec aqui em NH? Sera que a cambada petralha sabe?

Paulo Rocha, Eldorado do Sul/RS disse...

Também, com tudo bancado pelas três esferas de governo, o risco do negócio praticamente inexiste. É lógico que tem que dar certo, mesmo que com uma participação tão mísera.

Anônimo disse...

Engraçado, um agricultor, amigo meu, inagurou 3 silos e a Dillminha não prestigiou o evento.

Anônimo disse...

enquanto isso os gigolos de vaca e do agronegócio mamam nas tetas do governo sempre chorado e dos trangenicos assassinos

FAÇANHA, um patriota disse...

Esses assentamentos são os PRESÉPIOS stalinistas desses religionários marxistas, tipo DILMA.

Anônimo disse...

Devemos observar qual Brasil queremos viver... Vejo apenas, criticas, criticas e mais criticas mas pergunto, o que além de reclamar e protestar estamos fazendo para melhorar alguma coisa?

Mordaz disse...

Tá certo, é o Exército do Stédile. As últimas esperanças de Dilma aparecer sem ser vaiada. Onde até a imprensa é proibida de ouvir o que vão falar.

Mordaz disse...

Tá certo, é o Exército do Stédile. As últimas esperanças de Dilma aparecer sem ser vaiada. Onde até a imprensa é proibida de ouvir o que vão falar.

Anônimo disse...

Tá ótimo, pois no Maranhão não produzem nem para a própria subsistência.

Anônimo disse...

VAI SER SEMPRE ASSIM, DE AGORA EM DIANTE, COPIANDO NOVAMENTE STALIN.

SEM REPÓRTER NUM PRIMEIRO MOMENTO, DEPOIS SÓ REPÓRTER DELES.

E DELE PROPAGANDA EM RÁDIO E TV.

PRÓXIMO PASSO: CAÇA AO QUE FALAM MAL DELES. JÁ DEVEM TER BANCO DE DADOS MONTADO PRA ISSO.

Anônimo disse...

Mas olhem só o estilo gaudério do "galo da Bossoroca", marajá aposentado que recebe uns míseros
R$ 35 mil por mês em aposentadorias! Que maravilha... e se presta pra isso. Já deve estar se apresentando para ser o candidato a prefeito em 2016.

Anônimo disse...

Vamos auditar com empresas sérias os custos desta maravilha da engenharia agronômica para ver a realidade deste novo ""pré-sal" do messiânico MST, este prodígio do lulo-petismo.

Anônimo disse...

SARTORI TEVE EM BRASÍLIA COM DILMA E,
SRTÔ PRO LADO DELLA.

E DEPOIS NÃO AGUENTA UMAS PERGUNTINHAS.

JÁ FOI DITO O GRANDE VENCEDOR DESTA ELEIÇÃO FOI O VIEIRINHA.

Anônimo disse...

Não votei no sartori mas torço para que faça um bom governo. Não torço contra o meu estado.

Anônimo disse...

O Brasil e um avião onde metade dos passageiros torcem para que o mesmo caia porque não gostam do piloto.

Unknown disse...

Eu estou trabalhando cinco meses por ano pra sustentar esse circo de horrores.

Anônimo disse...

Editor falta com a verdade a produção do acampamento significa 35% da safra organica no estado segundo estimativa do IRGA .alias acho que não falta com a verdade e sim com o conhecimento ou ma fé.

Anônimo disse...

Anônimo das 13,47, vc disse o correto. Alimentos orgânicos não é prá alimentar o povão. O povão não tem pila prá comprar produtos orgânicos. Produto orgânico como vc disse é prá rico. Eu morei em SPaulo, um bom tempo e via os produtos orgânicos nos supermercados, só quem é da quadrilha do MENSALÃO/PETROLÃO prá comprar esses produtos. Não tem salário que consiga sustentar uma família com o preço desses orgânicos.

Anônimo disse...

Tem duas partes aí. A primeira refere-se ao MST, essa quadrilha não deve ser sustentada. Agora, em relação aos orgânicos, se tivéssemos áreas maiores, e incentivos por parte do governo, se tornaria algo sustentável a longo prazo e com preços menores. Cada dia crescem mais os casos de câncer. Além do sedentarismo, a comida enlatada e cheia de agrotóxicos, causa muitos desses casos. Aqui no RS, várias reportagens já mostraram que, além dos agrotóxicos permitidos, muitos agricultores usam os não permitidos, muito mais maléficos. E não se esqueçam que quanto maior é o uso do agrotóxicos pior fica a terra. Anos após anos e temos agrotóxicos cada vez mais fortes e prejudiciais a saúde humana.

Anônimo disse...

Políbio. A que custo foram produzidas essas 23 mil ton? Quantos milhões o governo empregou ali em EldoradoW

Anônimo disse...

Lá não tem vaia!

Anônimo disse...

Parodiando aquele velho ditado: "Como eles gostam de "Dourar a Pílula"!

Anônimo disse...

Nossa presidente voltou aos palanques para fazer campanha política. Precisa reconquistar seus eleitores. A estratégia é apoiar o exército do seu partido, como mesmo mencionou o ex-presidente em recente ato público. Um desrespeito ao nosso Exército Brasileiro, um partido dizer que tem seu próprio exército.
A propósito, e a Expodireto que daria uma visibilidade mundial positiva ao Brasil, foi esquecida?

G.Mendoza disse...

Caso esses "assentamento que dão certo" se multiplicarem pelo Brasil, logo estaremos importando alimentos, como fazia União Soviética.

Cláudio Roberto de Oliveira disse...

Nesse encontro de abestalhados o general do exército vermelho do lula, em discurso para dona dilma e cumpanheros, na sua visão comunista, disse que a agro-indústria e sua cadeia de produção, devem ser eliminadas, porque alimentam economias capitalistas em seus negócios.
Na verdade a agro-indústria e o produtor brasileiro são o maior atestado público, notório, real, de que a visão torta dessa gente, é sim motivo de piada e de troça de qualquer pessoa minimamente racional.

GE MARTELLO disse...

Muitos deveriam pegar uma enxada e ir plantar babatas, nao sabem nem o que falam, nao estou defendendo o PT apenas pessoas que sabem por comida na mesa, quem precisa ser incentivado e o pequeno agricultor, qual banco particular da financiamento de safra para pequeno agricultor em grande escala?? voces prefeririam essas pessoas pedindo nas ruas da grandes cidades , assaltando, matando. Hipocritas e um jornalista que ja devia ter destacado isso antes da Dilma estar la neste assentamento, engracado nao vi nenhuma reportagem sobre isso e o tipo de reporter que so cheira carnica parece urubu para detonar sua ligua ferina, fica com o bumbum colado na cadeira farejando noticias alheias para descer o pau depois, va a luta descola o bumbum da cadeira e va atras de reportagens ineditas, ele nao vai divulgar meu comentario mas nao tem problema ele vai ler e e isse meu recado.