Festerê no Banrisul: greve entra no 37o dia, direção pede mediação do TRT e os dois lados recebem salários integrais neste mês

O Banrisul entrou hoje no seu 37º dia de greve. A direção do banco, ontem, decidiu pedir que a Justiça do Trabalho faça a mediação e acabe com a greve.  O caso é inédito na história das greves de bancos do País.

. Somente ontem, 36 dias depois de fechado, a direção e os bancários reunidos no seu sindicato decidiram dar alguma satisfação aos clientes e ao povo gaúcho que paga as contas do banco, fornecendo explicações sobre a intransigência dos dois lados e a falta de capacidade negociadora.

- Dos dois lados da greve estão gente do mesmo Partido, o PT, o que explica porque a direção não pune e porque os empregados não temem punições. A direção anunciou ontem que embora parados, os empregados receberão integralmente seus salários, inclusive com vantagens que não tinham antes da greve. 

6 comentários:

Anônimo disse...

tem que vender esta porcaria

Anônimo disse...

totalmente desinformado.

Anônimo disse...

A venda do BANRISUL faria o esgotado tesouro do Estado transbordar de dinheiro, e os correntistas só ganhariam com a transferência para Itaú ou BB; os prejudicados seriam os privilegiados funcionários do banco estatal, que iriam para a vala comum dos bancários em geral, salvando-se apenas indo para o BB.
Privatizando, o dr. Tarso marcaria pontos com a direita.

Anônimo disse...

Parasitas sustentados pelos desdentados do RS!

Já deveriam ter privatizado esse monstrengo estatal faz tempo!

Anônimo disse...

É o banco dos funcionários. Simbolo do atraso. Praticamente todos os Estados se desfizeram destes monstrengos , exceto o Estado que menos investe no Brasil : RS.

Anônimo disse...

Tais comentários só podem ter sido proferidos por néscios desinformados sobre as reais condições de trabalho dos trabalhadores bancários deste país.