Gastos de brasileiros no exterior batem recorde para meses de agosto

Dados do Banco Central divulgados nesta terça-feira mostram que as despesas de brasileiros no exterior seguem em alta mesmo com a valorização do dólar frente aos primeiros meses deste ano - fator que encarece, por exemplo, as passagens e hotéis no exterior.

. Em agosto, ainda segundo a autoridade monetária, os gastos no exterior somaram US$ 2,22 bilhões - novo recorde para este mês. Até o momento, o maior valor de despesas lá fora, para meses de agosto, havia sido registrado em 2012 (US$ 1,92 bilhão). Também foi a primeira vez, portanto, que os gastos superam a marca dos US$ 2 bilhões em meses de agosto.

Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja em Porto Alegre
APROVEITE MELHOR SEU FIM DE TARDE
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
WWW.BIERMARKT.COM.BR

3 comentários:

Anônimo disse...

Dr. Alexandre Bley, o senhor me representa.
É essa a moral que nós, brasileiros, precisamos recuperar.
Por aqui, no Rio Grande do Sul, temos outro grande profissional da medicina, Dr. Milton Pires, que luta contra essa vergonhosa imposição totalitarista petralha.
Parabéns!

Anônimo disse...

Os mesmos que vivem viajando e comprando no exterior reclamam de tudo e de todos no Brasil, ou seja, quando viajam para outros paises posam de cumpridores das leis, quando volta para a planicie reclamam e sonegam tudo que puderem, além de sofrerem de sindrome de cachoro vira latas, ou seja, nos outros paises tudo anda bem, mas no pais de deles tudo anda mal, ou seja, parecem umas hienas.

Anônimo disse...

compensa comprar fora do país, pagar frete, encarar o dólar algo e ainda arriscar taxação de 60% dependendo do produto. E mesmo sendo taxado, pode sair por menos que aqui.
Vergonha.