TIM, Vivo e Coca Cola são condenadas por propaganda enganosa

As empresas TIM, Vivo e Leão Alimentos e Bebidas Ltda, uma das fabricantes da Coca-Cola, divulgaram posicionamento sobre as multas aplicadas nesta terça-feira pelo Ministério da Justiça. Elas terão dez dias para questionar a decisão junto à Secretaria Nacional do Consumidor. As três companhias receberam multa do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça por propaganda enganosa.

. A Vivo foi multada em R$ 2.260.173,00. A multa se refere à publicidade enganosa na campanha publicitária Vivo de Natal. Segundo o Ministério da Justiça, a empresa não demonstrou de forma clara as condições para a real obtenção dos minutos e dos torpedos promocionais, e vendeu uma quantidade de pacotes superior à sua capacidade operacional.

. A TIM foi multada em R$ R$ 1.654.236,00. O Ministério da Justiça avaliou que houve publicidade enganosa na campanha publicitária Namoro a Mil, em que a operadora não demonstrou de forma adequada as condições para o consumidor obter os minutos e torpedos promocionais.

. Já a Leão Alimentos e Bebidas Ltda, uma das fabricantes da Coca-Cola, foi multada no valor de R$ 1.158.908,00 por publicidade enganosa na oferta da bebida Laranja Caseira.

4 comentários:

Anônimo disse...

Culpa do estagiário.

Anônimo disse...

O Sistema Nativa de Comunicação, no sul do estado, recentemente deixou de transmitir o sinal da rede record de televisão no sinal aberto.
Os consumidores, ou seja, os telespectadores que vinham acompanhando a programação permanente como a novela Dona Xepa e José do Egito, entre outros programas, foram prejudicados pela suspensão do serviço, pois vinham acompanhando os programas, e com o acontecido não poderão continuar assistindo tal programação até o restabelecimento do sinal pela emissora ou por outra em seu lugar.
Em nenhum momento foi noticiado que a programação seria interrompida tanto pela rede record como pela nativa.
Os telespectadores (consumidores) ficaram prejudicados pois não estão podendo acompanhar os programas que vinham assistindo.
O prejuízo por não poder ver o andamento do que se estava assistindo, ou o tempo perdido na frente de uma televisão por uma programação que ficou pela metade, é um descaso que foi vendido pelas duas emissoras para com o população.

Anônimo disse...

Vamos engordar os CAIXAS pra petezada...

Senior disse...

Agora senhor Políbio peço gentileza para o sr. postar o numero dos referidos processos para que possamos acompanhar e apurar se esses condenados recolheram a guia nos cartórios (online) onde estão estas ações para os DEVIDO PAGAMENTO DESTAS MULTAS,obrigado.