Dica do editor - Santa Arepa, a cozinha venezuelana que abriu em Canoas, Grande Porto Alegre

Claire está há 10 anos no RS. Canoas, onde mora e trabalha, abriga mais de uma centena de famílias venezuelanas que escaparam da tirania bolivariana de Hugo Chavez.

A imigrante Claire Scussel abriu no dia 11 de junho o seu restaurante Santa Arepa, focado em cozinha venezuelana, tudo na rua Barão de Mauá, 43, bairro Fátima, Canoas, pouco além do Aeroporto Salgado Filho, Porto Alegre. 

São 35 m2 de área de atendimento para 30 clientes. O cardápio inclui arepas, empanadas, tequeños, doces venezuelanos, sucos naturais, café e chocolate quente. 

A arepa, comida típica venezuelana, é feita de farinha de milho precozida e pode ser tanto o prato principal de uma refeição ou pode ser servida como acompanhamento. 

Os preços variam de R$ 10,00 a R$ 16,00 por unidade. O restaurante abre as 11h e só fecha as 22h.

8 comentários:

Anônimo disse...

Muito linda a atitude!
Um ato que só poderia partir de uma pessoa com muita vida espiritual e sempre em contato do o Criador! Jamais poderia ser de um esquerdista, pois os comunas são psicopatas, ou seja, sua consciência foi estirpada!

Anônimo disse...

Maravilha, tem tenha sucesso.

Fabiana casagrande disse...

Lugar maravilhoso, atendimento top e a comida muito saborosa e gostosa...super recomendo...Obrigada pela recepção..

aparecido disse...

Tenham uma boa experiencia com comida venezuelana... entram e saiam depois sem comer nada.. como fazem os venezuelanso...que choram sentados na maior reserva de ouro negro do mundo...mas gostam e votam em comunistas.....

Anônimo disse...

Dona Claire, com o tempo pense em abrir uma rede de franquias do seu restaurante 'Santa Arepa' espalhando a marca para outras cidades e estados do Brasil. Comida bem feita, com preços competitivos e ainda por cima sendo típica da Venezuela (país tão por baixo depois dos governos bolivarianos) vai atrair a curiosidade de muita gente e fará sucesso. Fica a dica.

Anônimo disse...

Esquerdinha nao gosta de cozinha. O negócio deles é protestar em passeatas, assembléias e beber cachaça 51, com tubaína e mortadela , ao som da Internacional Socialista.!!!
Kkkkk...

Anônimo disse...

Esquerdinha nao gosta de cozinha. O negócio deles é protestar em passeatas, assembléias e beber cachaça 51, com tubaína e mortadela , ao som da Internacional Socialista.!!!
Kkkkk...

Unknown disse...

Parabéns pelo restaurante! Sucesso 😍😍