Suicidou-se, no Rio, o empresário bilionário Rogério Zilberstajn, vice-presidente da Cyrella

Suicidou-se no Rio o empresário bilionário Rogério Zilberstajn, vice-presidente da Cyrella. Ele era, também, presidente do Conselho da Federação Israelita do Rio.

Ele se jogou do apartamento da família no Leblon, mas ele não era casado e não tinha filhos.

Rogério era um homem religioso, mas sofria de profunda depressão.

9 comentários:

Anônimo disse...

Ele se jogou do apartamento, mas nao era casado? O que uma coisa tem a ver com a outra pra usar um conectivo de oposição?

Anônimo disse...

A empresa está falida sem conseguir pagar suas dividas. Lamentável.

Anônimo disse...

Que Halah o receba

Anônimo disse...

Tem que ser bom entendedor !!

Tolinho

Anônimo disse...

Polibio esta historia esta mal contada, atiro-se ou foi atirado la de cima? extranho isso,

Anônimo disse...

São notícias assim que me fazem crer que todos os ministros da fazenda, banco central e todos ligados a economia do país deveriam ser responsabilizados judicialmente pelas más gestões que eles causam ao país. São famílias e empresários que são afetados por péssimas gestões de ministros desqualificados.

Até quando a sociedade vai aceitar calado os erros que autoridades cometem? Se um funcionário público ou privado comete falhas graves, é responsabilizado. Essa estabilidade e blindagem tem que acabar. Em país sério todos são responsabilizados pelos seus erros e reconhecidos nos acertos.

Já cansei de ver e ouvir histórias de empresários e pais ou mães de família que perdem a vida por causa de crises financeiras pessoais. Collor quebrou a poupança, FHC quebrou a economia no segundo mandato, o PT desde 2006 só afundou a economia e acabou com os empresários do Brasil. Teve uma época há poucos anos que a China tomou conta do país e muito empresário quase fechou as portas.

Esse Brasil precisa de reformas estruturais urgentes por um bom tempo, tem que modernizar o país, reestruturar e estabilizar a situação urgentemente. No século XXI não tem mais espaço para atraso, ou se moderniza ou irá morrer colônia e atrasado.

Não dá mais para viver em um país riquíssimo, cheio de recursos naturais e ver notícias de empresários quebrando e famílias desempregadas por que uma minoria de políticos tomam conta do estado para si e são responsabilizados tardiamente.

Anônimo disse...

É por isso que o Trump na gestão dele ele faz tanta questão de defender o nacionalismo da economia dos USA. Não dá mais para viver em uma economia mundial forte mas economia nacional fraca.

Do que adianta viver exportando para a China e a economia do país não é competitiva?

É claro, tem problemas pessoais dos empresários e erros deles também. Mas duvido que a maioria tenham errado ao mesmo tempo para a situação da economia dos últimos 30 anos ser tão medíocre.

Anônimo disse...

É por isso que o Trump na gestão dele ele faz tanta questão de defender o nacionalismo da economia dos USA. Não dá mais para viver em uma economia mundial forte mas economia nacional fraca.

Do que adianta viver exportando para a China e a economia do país não é competitiva?

É claro, tem problemas pessoais dos empresários e erros deles também. Mas duvido que a maioria tenham errado ao mesmo tempo para a situação da economia dos últimos 30 anos ser tão medíocre.

Anônimo disse...

Era uma família não convencional...