Doze urnas eletrônicas serão auditadas pelo TRE do RS

Doze urnas eletrônicas serão auditadas pela equipe do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) nas eleições deste domingo. O sorteio que definiu as zonas e seções que terão os equipamentos verificados foi realizado no plenário do tribunal, na Capital, na manhã deste sábado. Quatro delas serão para a votação paralela, sendo obrigatoriamente uma delas de Porto Alegre.

O trabalho será realizado durante o horário que a comunidade vai às urnas – das 8h às 17h – no andar térreo do prédio 50 da PUCRS. 

As demais serão submetidas à auditoria, mediante verificação da autenticidade da integridade dos sistemas instalados.

7 comentários:

Anônimo disse...

Num eventual segundo turno, possivelmente ficaremos sabendo muito mais sobre as urnas.



Anônimo disse...

Nova Cuba ou nao é?

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkk...

só doze?

é tipo exame antidoping?

ridiculo...

esses caixotes de metal nao valem nada...

Anônimo disse...

Quem conhece a iniciativa privada, sabe que auditorias sao feitas por empresas independentes, que credibilidade tem isso?

Unknown disse...

Estas auditorias os partidos podem participar, assim como autoridades como PF, MP, etc.. sao convidados. Isto acontece todos os anos que tem eleicao.
E a chamada votacao paralela. Vota-se em algum candidato e anota-se no papel em quem votou. E depois puxa o BU e confirma a contagem. Este procedimento acontece em todas as eleicoes, mas ninguem da importancia.

Anônimo disse...

Auditorias no início também diziam que na Petrobras não tinha corrupção

Anônimo disse...

Auditadadas tipo asfaltamento, onde os engenheiros são avisados previamente do trecho e faz o ponto no padrão?