Alckmin é vaiado duas vezes e interrompido por gritos de "Bolsonaro", na abertura da Expo Cristã


Vaiado duas vezes esta manhã, São Paulo, o candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, minimizou as vaias e gritos de 'Bolsonaro' recebidos durante a abertura da Expo Cristã, evento realizado por comunidades evangélicas na capital paulista. 

Alckmin alegou que a platéia estava dividida.

Ele também avisou que continuará batendo em Bolsonaro.

Os evangélicos apoiam em peso o candidato do PSL.

16 comentários:

Anônimo disse...

Chuchu vai passar vergonha até 07 outubro.
encerrou sua carreira politica, fazendo fiasco, quanto
mais bater no Bolsonaro, mais irá perder votos, já tem idade
para saber disso.

Anônimo disse...

nao ha outra opção para o Xuxu a nao ser enfiar os dois pés na jaca com gosto...

pra quem ja esta acabado politicamente, nao resta mesmo outra coisa a fazer a nao ser cavar mais fundo o buraco onde será enterrada sua vida publica...




Emmanuel Carlos disse...

Isso, sim ... é um bom oponente! Continue, Alkmin ... continue!

Anônimo disse...

Reflexão para indeciso se vota ou não em Bolsonaro no 1 turno:
1) Haddad é eleito no 2 turno;
2) Haddad dá indulto a Lula e o nomeia Min Chefe da Casa Civil;
3) Haddad sofre impeachment;
4) Manuela D'Ávila (ái!) vira Presidente;
5) Lula governa, de novo, o Brasil por tabela.
Melhor resolver tudo no 1 turno:BOLSONARO 17.

Anônimo disse...

coloca o VT polibio

Anônimo disse...

Sou Sargento de Carreira do Exército Brasileiro (reserva não remunerada porque prestei concurso para outro Poder da União). Nunca vi um General tão fora da realidade do mundo político como Mourão! E olha que eu servi cinco anos ao lado do Comando de uma Brigada de Cavalaria, comandada, lógico, por um General. Como Mourão fala mal para um político candidato a Vice Presidente. Ele é competente, inteligente, culto, etc. Mas ele pensa que está falando para Oficiais e Sargentos num auditório de um Batalhão de Infantaria. Há temas que devem ser abordados com extrema cautela. Estabilidade no serviço público, 13 salário, adicional de férias... Era pra Mourão estar dando este tipo de munição para a esquerdalha? Bolsonaro precisa, com urgência, fechar a boca de Mourão e dar uma coletiva abordando estes temas que seu Vice já queimou! Com urgência! A esquerda não perde tempo. Porra!!!

Caio Alfredo Spier disse...

Será que o Polibio não vai publicar sobre a treta do Mourão do 13° e das férias

Justiniano disse...

Alckmin está politicamente morto, nem para sindico de condomínio se elege mais. Os que votam no tucano já mudaram de ideia e vão votar em Bolsonaro. Até o vice do Anastasia de Minas confirma que que é hora de votar em Bolsonaro. Tem um vídeo no whattsapp com imagens e áudio dessa reunião.

Anônimo disse...

O jaguara Alckmin está totalmente perdido.
Já recebeu um recado inteligente e direto do Kim Kataguiri, agora é vaiado por eleitores do Bolsonaro e vai falar para uma plateia de evangélicos cuja maioria vota no 17.
Perdeu a eleição, mas continua ouvindo e atendendo o fhc.

Anônimo disse...

O Alkmin é esquerdopata, petista, quer a continuidade da corrupção e de toda a maldade que está ocorrendo no Brasil.

Anônimo disse...

Militar mostra as 16:07 que política é coisa pra civil. Lugar de militar é na caserna ou em casa com pijamas. Já o Anônimo das 16:07 migrou depois de reformado, muito comum isto.

O que ocorre com Alckmin a valha frase deve ser dita: "arvore que dá frutos leva pedradas".

Alckmin governou quatro vezes São Paulo, enquanto que Bolsonaro votava no PT e com o PT sendo deputado, elogiando o também militar Hugo Chaves.

Não voto na inexperiência da esquerda e nem da direita!
Não voto em quem diz e se mostra que vai "chutar o balde".

Anônimo disse...

Os tucanos estão desesperados , pois Alkmin não decolou, apesar do apoio do Centrão , de seu maior tempo na TV, e sua estratégia contra Bolsonaro é um tiro no pé e está prejudicando o PSDB e os demais candidatos do partido.!!!

Anônimo disse...

Mais e coluna se escafedeu, não está apoiando o Santo Alckmin????

Anônimo disse...

Será que eles não acordaram ainda que a sociedade não suporta mais essa tática de baixo nível de ofender os outros?

Deveriam tratar como uma disputa de emprego, concurso ou algo de alto nível. Discutir propostas, mostrar realidases, mostrar resultados. Não consigo entender como todos eles tem tem equipes para tudo e não divulgam isso.

Deveriam fazer uma pesquisa sobre isso. O que a sociedade gostaria de ver, como gostaria de ver e o que não gosta.

Anônimo disse...

PSDB pagando caro pelos erros cometidos de 1994 até 1998 no poder e de 2003 até 2016 na oposição e de 2017 e 2018 com Temer. Em 2010 e 2014 foi as piores eleições que eu já vi na vida. Conseguiu ser pior que 2006, 2002, 1998 e 1994 disparado. A gente pense que não é possível piorar mas sempre a vida nos surpreende. Aí vem 2018 com facada, hospital, prisão. Que beleza. É com esse nível que querem convencer qualquer um?

Anônimo disse...

Alckmim cometeu erros bem antes das eleições começarem. Primeiro tentou manter o Dória menos popular que ele, deu errado. Depois acordo com centrão, deu errado. Ataca Bolsonaro com baixo nível, piorou. E muita gente se lembra de 2006 quando deixou o PT ganhar sem atacar direito o Mensalão.

A eleição de 1998 o PT foi para perder e manter o FHC lá. Lembram da emenda da reeleição?
Em 2006 o PSDB foi para perder e manter o PT lá.
Em 2010 e 2014 foi o show de horrores.