Oito das catorze regiões pesquisadas mostraram avanço da produção industrial em agosto. RS recuou 1,4%.

O mercado projeta melhora gradual da produção industrial ao longo dos próximos meses, em função da retomada do consumo das famílias e da redução da taxa de juros.

Mesmo com o recuo da produção industrial em agosto, houve crescimento em 8 das 14 regiões pesquisadas, considerando as séries com ajuste sazonal, segundo a Pesquisa Industrial Mensal Regional divulgada ontem pelo IBGE. 

Entre julho e agosto, a produção industrial cresceu nos estados do Espírito Santo (7,5%), Bahia (4,9%), Amazonas (3,2%), Rio de Janeiro (2,4%), Pernambuco (1,8%) e Goiás (0,1%). Em contrapartida, observou-se retração em São Paulo (-1,4%), Rio Grande do Sul (-1,4%), Minas Gerais (-0,7%), Pará (-0,7%), Paraná (-0,4%) e Ceará (-0,1%). 

Na comparação interanual, a maior alta foi verificada no Mato Grosso (15,8%), impulsionada pela indústria de produtos alimentícios. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Aos poucos a economia vai indo.Se a Dilma estivesse no poder,o Brasil já estaria quase como a Venezuela.O PT ela saqueia e quebra tudo por onde passa,é um Tsunami verdadeiro.Mas o mais surpreendente de tudo isso,é o zé povo continuar de braços dados com esta quadrilha.Não tem explicação este fenômeno.

Anônimo disse...



CRISE SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA...

O EMPRESARIO/EMPREENDEDOR...AO PENSAR EM INVESTIR...ELE LIGA O RADIO OU LÊ NOTICIAS DA ESTRUTURA MARXISTA/COMUNISTA QUE INFESTA OS ÓRGÃOS PÚBLICOS ELE DESISTE...SABE QUE NÃO VAI DAR CERTO...ESTADO FALIDO....

SC/PR/SP É O CAMINHO....