No RS, 70 auditores fiscais entregam cargos por "intromissões indevidas"

Até o início da manhã desta sexta-feira, a secretaria gaúcha da Fazenda ainda não tinha explicado sua posição sobre a rebelião de 70 auditores fiscais que entregaram seus cargos de chefia, alegando que existe "situação insustentável que inviabiliza a gestão da pasta. Eles reclamam de ingerência indevida praticada pelas supervisões em questões institucionais.

Na carta entregue ao secretário Giovani Feltes, as alegações são alinhadas de modo genérico.

12 comentários:

Anônimo disse...

70 cargos de chefia? Ta faltando índio. Aceita e bota todos a trabalhar com um só chefe, lembrando os marajás estão recebendo em dia.

Anônimo disse...


É simples os Auditores querem arrecadar e o governo não.


A crise é necessária para o governo Sartori, para tal engavetas projetos dos Auditores que poderiam reverter o problema de caixa.

O sistema privatista necessita de crise financeira e caos para implementar sua ideologia.

Anônimo disse...

Vão fazer auditoria nas fundações extintas, para ver as barbaridades que vão encontrar.

Anônimo disse...

É coisa de petralha que teve seus interesses contrariados.

Thomas Josue Silva disse...

Exatamente o plano neoliberal cretino quer isto destruir o público alegando a crise para justificar suas estratégias de privatização.

Thomas Josue Silva disse...

Exatamente o plano neoliberal cretino quer isto destruir o público alegando a crise para justificar suas estratégias de privatização.

Anônimo disse...

Devem estar reclamando por estarem trabalhando pouco e ganhando muito, alem, é claro, de exigir concurso publico para mais auditores. Hoje estão todos de folga, gastando toda produtividade(R$). Não vi no conjunto de conselhos que costumam dar ao governo qualquer mensão a cedencia de colegas para trabalharem para o seu sindicato, mas serem pagos pelos contribuintes, sem qualquer beneficio para a população.

Anônimo disse...

Bando de marajás que não justificam oque ganham. Não vão fazer falta.

Anônimo disse...

REDUTO DE PETISTAS RESSENTIDOS QUE NÃO ACEITAM A FALÊNCIA DO ESTADO.
E A SIMPLES EXISTÊNCIA DE 70 CARGOS DE CHEFIA JÁ DEMONSTRA CABALMENTE A ESCULHAMBACAO DESTE ÓRGÃO.
É UM ABSURDO.
MAS ELES DEVEM ESTAR APROVEITANDO O FERIADO NESTE MOMENTO.....

Anônimo disse...

Devem estar mandando os 70 a trabalhar e então se rebelaram.

Anônimo disse...

Vai ver, querem ficar fora do teto para não diminuir seus polpudos salários.

Anônimo disse...

estao tendo q fiscalizar empresas ligadas aqueles de sempre, dutras, genros, gerdaus, storkys, varig, trmontina, ouro e prata, uruguaios, etc, etc