Arrecadação gaúcha bate recorde histórico em maio. Receita do ICMS cresceu 13,7%, nominal. Valor foi a R$ 2,5 bilhões.

O editor pode informar que a arrecadação gaúcha do ICMS registrou novo crescimento no mês de maio, desta vez de 13,7% nominal sobre o mesmo mês do ano anterior, o que representa um avanço real de 4% quando o valor é ajustado pelo IPCA. Foram R$ 2,5 bilhões. No acumulado do ano também foi registrado aumento nominal (13,4%) e, portanto, real (3,2%).

O avanço da arrecadação gaúcha é um, dos maiores de toda a história de cobrança do ICMS.

Ao contrário do que previam empresários, políticos e até economistas, os aumentos das alíquotas do ICMS não resultaram em queda da arrecadação, mas em perfeito aumento.

Isto não significa, contudo, que a melhoria da receita seja capaz de equilibrar as contas públicas estaduais, que continuam sujeitas a déficits mensais de proporções oceânicas.

6 comentários:

Anônimo disse...

Aos gaúchos resta se adaptar, trabalhar, gastar o menos possível e falar como
saudoso Mário Quintana > eles passam, eu passarinho.

Anônimo disse...

Tudo para pagar os juros da dívida renegociada pelo Brito em 1998.

Anônimo disse...

depois a gauchada vem com bla bla bla que não adianta aumentar impostos.
adiante e precisa aumentar mais pois a conta ainda nao esta fechando.

Anônimo disse...

é isso que esse babaca do PMDB e seus asseclas queriam, ferrar o bolso do contribuinte, e arrecadaram tudo e um pouco mais para continuar o tamanho do Estado que todas as corporações querem, com ceee,fdrh,corag e todas nulidades possíveis que criaram e ainda existem e assolam o contribuinte gaúcho.

Anônimo disse...

que se aumentem então os salários dos professores e do funcionalismo.

Anônimo disse...

Ou seja, as pessoas foram roubadas em mais 13% pelo governo, que sequer consegue fornecer segurança pública e pagar os próprios funcionários.

TEM GENTE PASSANDO FOME POR CAUSA DE AUMENTO DE IMPOSTO, NADA A CELEBRAR!