Escândalo derruba ações da Petrobrás e também a Bolsa

A bolsa brasileira fechou com forte correção nesta segunda-feira, depois de viver um pregão de intensa volatilidade. O mercado chegou a subir mais de 1% logo na abertura, com investidores reagindo à pesquisa Sensus divulgada no fim semana, que mostrou Marina Silva à frente de Dilma Rousseff com quase 15 pontos percentuais de vantagem.

. Pouco depois, passou ao terreno negativo com rumores de que uma pesquisa interna do PSB teria mostrado as duas candidatas à Presidência da República empatadas no segundo turno. E o clima azedou de vez com a piora do clima nos mercados internacionais.

. As ações da Petrobrás puxaram o índice para baixo. O movimento de queda dos papéis teve tudo a ver com os escândalos do final de semana. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Perguntinha para o editor:

_Será que o envolvimento por tabela de Marina Silva no escandalo a Petrobrás foi o motivo de a bolsa cair?

Anônimo disse...

PF indicia
candidato de Arrocho:

Bye, bye, Arrocho. Chora, Ataulfo !

Saiu no Globo Overseas, que também tem seus problemas nessa area:

Pré-candidato do PSDB ao governo de MG é indiciado pela PF por lavagem de dinheiro

BELO HORIZONTE – Candidato do PSDB ao governo de Minas Gerais, o ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga foi indiciado pela Polícia Federal (PF) por lavagem de dinheiro. Pimenta recebeu R$ 300 mil das agências de publicidade do operador Marcos Valério. De acordo com a PF, o dinheiro foi desviado no mensalão mineiro, esquema de caixa dois que o Ministério Público Federal (MPF) apontou desvio de verbas públicas do estado para abastecer a campanha de reeleição do ex-governador Eduardo Azeredo, em 1998. Em depoimento, Pimenta e Valério sustentam que o valor se referia a pagamento de honorários advocatícios. Porém, eles não apresentaram documentos que comprovariam os serviços prestados.

(…)”

Em tempo: esse aí é o mensalão tucano, o 1.0

Anônimo disse...

Pra alguns o Editor tem que desenhar. Quer perguntinha sem nexo as 20:32!