Noblat diz que governo Dilma está mergulhado num mar de lama

Neste artigo intitulado "Mar de lama ameaça a Petrobras, o jornalsita Ricardo Noblat escreve na edição de hoje do jornal O Globo que Dilma sabia de tudo e se faz de desentendida.
CLIQUE AQUI para apreciar outra saia justa de Dilma, desta vez para ver a vaia que a presidente levou no desfile do dia 7 em Brasilia. 

. Leia tudo:

. A exemplo de Lula no caso do mensalão em 2005, quando Dilma dirá que foi traída e pedirá desculpas aos brasileiros pelo escândalo do mar de lama que entope os dutos da Petrobras, ameaçando tragar a maior empresa do continente? No mínimo, é o que se espera dela, ex-ministra das Minas e Energia, ex-presidente do Conselho de Administração da Petrobras, e presidente da República em final de mandato. Digamos que Dilma compete com Lula para ver quem foi mais feito de bobo por seus subordinados. A auxiliar de mais largo prestígio nos oito anos de Lula no poder, a presidente eleita sem jamais ter sido, sequer, síndica de prédio, Dilma foi surpreendida, assim como o seu mentor, pelo escândalo do mensalão – o pagamento de propina a deputados federais para que votassem conforme a vontade do governo. Foi surpreendida de novo quando chefiou a Casa Civil da presidência da República e ficou sabendo que um dos seus funcionários confeccionara um dossiê sobre o uso de cartões corporativos pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e sua mulher, dona Ruth. Dilma pediu desculpas ao casal. O autor do dossiê conseguiu manter-se na órbita do serviço público. Outra vez, Dilma foi surpreendida pela suspeita de malfeitos praticados por Erenice Guerra, seu braço direito na Casa Civil e, mais tarde, sucessora no comando do ministério. Na ocasião, Dilma estava em campanha pela vaga de Lula. Para evitar danos à sua candidatura, Erenice pediu demissão. Dali a dois anos, a Justiça a inocentou por falta de provas de que roubara e deixara roubar. Quase ao término do seu primeiro ano de governo, batizada por assessores de “a faxineira ética”, Dilma degolou seis ministros de Estado. Pesaram contra eles acusações de corrupção publicadas pela imprensa.

. De lá para cá, ministérios e cargos públicos foram entregues por Dilma aos ex-ministros degolados ou a grupos políticos ligados a eles. A “faxineira ética” baixou à sepultura.

. Por ora, Dilma está atônita e se recusa a falar sobre o mais novo escândalo que bate à sua porta.

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para saber:"Propina da Petrobrás 
pode ter chegado a R$ 3,4 trilhões. Matéria é do jornal Valor de hoje. 

9 comentários:

Anônimo disse...

Ninguem que acompanha a política brasileira pode se dizer surpreendido com toda essa sujeira. A coisa vem de longe e pode piorar se continuar como está. O governo tem de ser chamado à responsabilidade antes que não tenha mais jeito. Não entendo a passividade dos empregados da Petrobrás frente a tudo isso. Será que eles pensam que a situação deles está tranquila, independentemente do que aconteça?

Anônimo disse...

No artigo intitulado "Mar de lama ameaça a Petrobras, o jornalista Ricardo Noblat escreve na edição de hoje do jornal O Globo que Dilma sabia de tudo e se faz de desentendida:

Ela não se fez nunca de desentendida. Ela sempre soube de tudo, porque agora Presidente (ANTA) e durante o governo do SAPUDO foi diretora da Petrobras e Ministra da Casa Civil.

De ANTA e DESENTENDIDA ela não tem nada, ao contrário tem tudo de ANTA e ENTENDIDA. Daquelas que fazem em benefício próprio, e escondem a mão.

Anônimo disse...

são os lacerdinhas ...ehehe essa direita a gente sabe como tratar

Anônimo disse...

A governANTA não tem mais condições morais de governar o país, deve pedir demissão. Se não pedir, o congresso nacional deveria decretar o Impeachment. Não podemos ser governados por uma comprovada quadrilha que assalta o pais diariamente.

Anônimo disse...

Kennedy: Costa "não deve levar Aécio a 2º turno":

Delação do ex-diretor da Petrobras "assombra" PT e PSB e pode servir como tentativa para o tucano Aécio Neves voltar a ter chance de chegar ao segundo turno, mas com seus próprios casos de corrupção para lidar, o PSDB tem "pouca credibilidade para atacar o PT", avalia o jornalista....

A delação premiada do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa "é ruim para a campanha à reeleição e para o PT, pois desperta novamente o tema da corrupção a menos de um mês do segundo turno", avalia Kennedy Alencar, em comentário na rádio CBN nesta segunda-feira.

"Para Marina Silva (PSB), há o incômodo pela citação de Eduardo Campos por Costa na delação premiada. Isso inibe ataques mais diretos da ex-senadora à Dilma", acrescenta o jornalista.

Em relação a Aécio Neves, o comentarista acredita que o caso pode servir como uma tentativa para o tucano voltar a ter chance de chegar ao segundo turno. "Mas o PSDB tem seus próprios casos de corrupção para lidar, o mensalão tucano, o cartel do metrô de São Paulo e contratos da Alstom no setor elétrico. Há pouca credibilidade do partido para atacar o PT", afirma.

Anônimo disse...

Kennedy Alencar? Esse é petralha de carteirinha. Já deu vexame no debate do SbesTeira. Não merece credibilidade, é chapa-branca. O que ele disse é o que ele quer. Vamos acompanhar, quero ver tua idala, petralhinha, dar explicações e fingir que não sabia. Outro petralhinha ameaçando, de que? de Golpe, e todos que são contra ladroagem neste país eles chamam de direita. Então sou de direita e quero pilantras na cadeia.

Anônimo disse...

Nunca um partido no governo, roubou tanto e por tanto tempo. Só no mensalão da petebrás, são mais de 10 bilhões de reais.

Anônimo disse...

PTRALHADAS acima (16:28) tá levando muito de nosso dinheiro.



Nádia disse...

.

hehe... noblat só enxergou agora... tá.

Acho perfeita a frase do anônimo de 8 de setembro de 2014 14:22

"Ninguem que acompanha a política brasileira pode se dizer surpreendido com toda essa sujeira."

Então.. noblat.. não vem se fazer de chicote agora...

.