Este paciente de vírus chinês pega fogo e morre no Hospital Escola da Ufpel, Pelotas

É a primeira vez no mundo que um paciente de vírus chinês pega fogo e morre.

A foto ao lado é de mera ilustração e o caso não aconteceu em Pelotas, mas em Tóquio, onde a paciente soltou um pum e incendiou a sala de cirurgia. CLIQUE AQUI para ler a notícia.

Um paciente internado no Hospital Escola da Ufpel (Universidade Federal de Pelotas), estava sendo submetido a uma traqueotomia e de repente pegou fogo.

E morreu.

Foi na semana passada.

Os jornalistas do blog "Amigos de Pelotas" buscaram informações e durante uma semana foram enrolados, mas esta semana o reitor da Ufpel, Pedro Helal, o mesmo que fala a todo momento a favor do confinamento geral, imediato e irrestrito de todos os gaúchos, tudo por conta da pandemia, confirmou o caso.

A Ufpel diz que o fogo veio de dentro do paciente.

Nos registros, ele morreu de vírus chinês.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre este estranhíssimo caso de morte do homem que pegou fogo e teve óbito registrado como resultado do vírus chinês.

20 comentários:

Anônimo disse...

E o reitor logo decretou que a morte foi pelo virus chinês. Virus chinês, fogo,.. faz sentido.

Anônimo disse...



Cruzes, que coisa mais sinistra.

Anônimo disse...

A UFPEL é especialista em pum, uma opinião que deve ser considerada... afinal, os puns percorrem o orifício anal Segundo os mestres da UFPEL, isso acontece muito nos comícios do PT, onde os meliantes costumam abusar da mortadela. Eles são entendidos em orifício, pelo menos eles entendem bem de alguma coisa!

Renato disse...

O homem tocha pegou covid e morreu,é muita cara de pau destes esquerdistas o cara pega fogo no hospital tem uma parada cardiaca mas foi o covid,tem gente dizendo que o covid dá ayté coceira no cu e pode matar.

Anônimo disse...

Ciência, ciência, ciência.

José Corrêa disse...

O tal reitor da UFPel, que é professor de educação física, disse alguma coisa???

O MP vai se manifestar???

E a família do morto???

Anônimo disse...

Isto foi em Abril em Tóquio.Normal.Acontece.Gases.

Alaor disse...

Existem raros casos como esse, teve caso que a pessoa estava em casa e só foi encontrado os restos mortais queimados

Anônimo disse...

Tudo relativo a essa praga é estranho. De onde veio, como se espalhou, como a OMS não tratou o assunto como devia ter tratado no inicio e como vem agindo quando o virus parece dar uma tregua. Aterrorizar em capítulos parece a estrategia da ciência gerenciada pelo esquerdista Tedros Adhanom Ghebreyesus da qual os Estados Unidos querem manter distância.

OMS prevê que pandemia do novo coronavírus será "muito longa" (Correio do Povo)

https://tinyurl.com/y4sdcvea

Anônimo disse...

Mais uma vítima do KORONGA....

Anônimo disse...

O homem é professor de educação física...??? tudo a ver com pandemia.

Anônimo disse...

Fakebews das braba. Cada dia mais patético este bloguete.

Anônimo disse...

Era só o que faltava, em Pelotas até o cu pega fogo, temos um governador de lá.

aparecido disse...

Pum pega fogo devido ao metano , mas o cara tem que soltar um barril inteiro para queimar deste jeito...mas o paciente tinha metano nos pulmões ???estranhissimo... os vermelhos agora vão matar virus com fogo.. e matar os pacientes juntos...ou estão exegerando no alcool gel...Como os paulistas estão dizendo : o virus é o unico produto chines importado pelo Brasil que dura mais de 30 dias !!!!!!

Anônimo disse...

Erro médico (autópsia )

Anônimo disse...

A UFPEL vai pedir dinheiro público para iniciar uma nova pesquisa que dará titulo a uma tese doctoral de aluno petralha: "A consequência do pum do paciente de covid entubado no hospital escola da Ufpel"

Anônimo disse...

Segundo o reitor, o paciente era um dragão. E morreu 1 dia depois de pegar fogo: de Covid, é claro!

Anônimo disse...

Tão grave quanto o acidente em si, foi a manobra feita para escondê-lo. Foram duas semanas de censura total sobre a equipe, para proteger a imagem da diretora do HE, que àquela altura ainda era a candidata preferencial do reitor para a eleição em curso; como o fato vazou precisaram substituí-la na chapa oficial.

Anônimo disse...

Essa não é a mesma universidade daquele reitor "sabidão", que tem solução para tudo e para todos?
Vai ver, foi por isso que ele sumiu misteriosamente do noticiário há exatas duas semanas.

Anônimo disse...

Algumas substâncias usadas em procedimentos cirúrgicos geram voláteis explosivos.