Dica do editor - Moinhos, Porto Alegre, usa procedimento revolucionário para desentupir artérias

Considerado pela comunidade médica uma revolução para a cirurgia vascular, um procedimento inédito foi realizado no Hospital Moinhos de Vento, Porto Alegre. Foi na semana passada. Pela primeira vez no Sul do país, foi utilizado o equipamento mais moderno que existe hoje no mercado para a aterectomia – ou o desentumpimento das artérias – de vaso periférico. O procedimento usa um dispositivo que é introduzido nos vasos, cortando e aspirando as placas de gordura e cálcio e desobstruindo a passagem do sangue. Além de evitar o uso de stents metálicos, que em áreas de dobra podem quebrar, o tempo de recuperação é bem menor do que nas cirurgias convencionais. A paciente foi uma idosa de 91 anos que apresentava úlceras nas pernas com necrose, correndo o risco de ter o membro amputado.

4 comentários:

Anônimo disse...

Enquanto isso...
"PT vai à Justiça para proibir faixas que chamam Lula de ‘cachaceiro’ e ‘ladrão’ "
--- Ôh ôh ôh ôh... PT vai se tornar grupo humorístico e fazer concorrência com o Porta dos Fundos.

Anônimo disse...

Políbio, anota aí na sua agenda:
"PT vai à Justiça para proibir faixas que chamam Lula de ‘cachaceiro’ e ‘ladrão’ "
--- Ôh ôh ôh ôh... PT vai se tornar grupo humorístico e fazer concorrência com o Porta dos Fundos.

Anônimo disse...

Revolucionária foi a cintilografia tomografica do miocárdio q fiz no HMV dando, podem crer, um infarto do miocárdio falso positivo, deixando a mim e minha família apavorados.

Anônimo disse...

O anônimo 18:22 poderia dar detalhes das explicações dos médicos, e o que de fato ocorreu. Imagine se o paciente vai para uma cirurgia de safena ou de stents, putz... pura barbeiragem !!!