Preços da indústria avançaram 0,43% em fevereiro

O Índice de Preços ao Produtor (IPP), cujo âmbito são as indústrias extrativa e de transformação, registrou alta de 0,43% na passagem de janeiro para fevereiro, segundo dados divulgados ontem pelo IBGE. 

O resultado confirmou a trajetória observada no IGP, na qual os preços ao produtor mostraram recuperação, após o movimento baixista observado a partir do final do ano passado.
A aceleração em relação a janeiro, quando o índice registrou deflação de 0,75%, refletiu variações positivas em 11 das 24 atividades industriais acompanhadas, sendo que indústrias extrativas e de refino de petróleo e produtos de álcool foram os principais vetores da alta. Nesses grupos, refletem-se, respectivamente, a redução da oferta brasileira de minério de ferro e a alta nas cotações internacionais do petróleo – que influencia diretamente os preços domésticos. Em doze meses, a variação de preços acumulou 8,36%, enquanto na comparação interanual, houve aumento de 0,38%. 

Nenhum comentário: