Estes quatro ex-presidentes do Peru são investigados no âmbito da organização criminosa montada por Lula e pela Odebrecht

Estes são os quatro ex-presidentes do Peru envolvidos com a organização criminosa lulopetista liderada por Lula e pela Odebrecht. Apenas PPK é de direita.

Alejandro Toledo (2001-2006) - entrou na lista dos acusados de corrupção e lavagem de dinheiro por causa de uma obra faraônica e está foragido nos Estados Unidos com pedido de extradição;
Ollanta Humala (2011-2016) - detido durante nove meses, investigado por financiamento irregular de campanha;
Alan García (1985-1990, 2006-2011) - investigado por financiamento irregular de campanha, morreu depois de dar tiro na cabeça quando a polícia chegou à casa dele para prendê-lo;
Pedro Pablo Kuczynski (PPK) (2016-2018) - renunciou em março de 2018 e foi preso em março deste ano; ele é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro, e vídeos mostram uma suposta compra de votos de seus aliados em troca de obras

5 comentários:

Anônimo disse...

A internacionalização das roubalheiras do PT.O PT conseguiu exportar a corrupção. Em outras palavras sem limites para sonhar.A maior quadrilha de assaltantes de todos os tempos.

Anônimo disse...

Aqui, falta a Dilma ...

Anônimo disse...

O PT fez escola.....

Anônimo disse...

e ainda é preciso chamar essa empresa de "construtora"...

Anônimo disse...


“Amigo del amigo de papá”

Isso é lá viu ...