Pezão operava esquema de corrupção próprio e recebeu mais de R$ 39 milhões entre 2007 e 2015


Carro da PF sai do Palácio Laranjeiras, onde mora Pezão.

Justiça determina apreensão de R$ 39 milhões em bens de envolvidos no esquema. Governador e outras oito pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira. O ministro Felix Fischer, STJ, autorizou buscas e apreensões em endereços ligados a 11 pessoas físicas e jurídicas, bem como o sequestro de bens dos envolvidos até o valor de R$ 39,1 milhões.

O governador e outras oito pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira em mais uma operação decorrente dos desdobramentos da Lava Jato. A PF disse que Pezão, homem de Sérgio Cabral, do qual era vice, tinha organização criminosa separada, operada por ele próprio.

Neste caso específico foram informações decorrentes de uma colaboração premiada homologada no Supremo Tribunal Federal e documentos apreendidos na residência de um dos investigados na Operação Calicute.

Ainda segundo o MPF, há registros documentais, nos autos, do pagamento em espécie a Pezão de mais de R$ 39 milhões no período 2007 e 2015

5 comentários:

Anônimo disse...

"Cidade Maravilhosa" reflete o que é a população do Brasil, a começar pelo nordeste. Leiam os Livros de Laurentino Gomes e verão do que é feito a politica e seu povo.

A IMORALIDADE está EM TODOS OS NÍVEIS DA POPULAÇÃO BRASILEIRA!

A CONSTITUIÇÃO SOCIALISTA DE 1988 mostra do que somos feitos e para onde estamos indo.


ESCRAVAGISTA em sua origem, ainda não se desligou de 1808.

taxista disse...


Ahahahah!!! Como é bom ser gaucho, aqui Não Temos POLITICOS CORRUPTOS .....viva a politica- gaucha!!!!! so temos ANJOS que paraiso....

ARS disse...

Depois do futebol, o esporte favorito dos cariocas é prender governador e ex. Falta ainda o prefeitinho!

Anônimo disse...

Pois é, Políbio, o Pezão não tem só cara de bandido, ele é bandido.
Esther

Anônimo disse...

Ele era acusado de ter PEZÃO, mais foi preso por ter MÃO-GRANDE!