Governo gaúcho diz que greve dos professores é luta política e eleitoral do PT e do Psol

Fábio Branco assina a nota em nome do governo.

A nota do governo resume o que pensa o Piratini logo no título: "Greve representa setores partidários, não categoria de professores". O governo resolveu endurecer o discurso e abrir o jogo político, tudo porque a greve de dois meses não possui mais adesão, causa revolta de pais e alunos e ameaça o ano letivo.

Diz a nota:

Ao radicalizar e manter a greve, o Cpers se divorcia ainda mais da sociedade gaúcha. É triste, mas é a realidade. A verdade é que grupos radicais, ligados ao PT e ao PSOL, estão por trás da decisão de esticar uma greve que extrapolou os limites, colocando em risco o ano letivo – ou seja, prejudicando estudantes e suas famílias. A greve tem cada vez menos adesão. Não representa a categoria dos professores, mas apenas setores militantes e engajados politicamente.

É o que é.

CLIQUE AQUI para ler o inteiro teor do documento, assinado pelo chefe da Casa Civil, Fábio Branco.

17 comentários:

Anônimo disse...

CPERGS é partido político e sindicato conforme seu modus operanti!

elias disse...

Mas o cpers continua com gente do executivo trabalhando lá, sendo pagos com nossos impostos.

Anônimo disse...

E o que o governo está esperando para 'endurecer'? que obtenha a declaração de abusividade da greve e puna quem deve ser punido. Não vejo nada disso. Apenas notas e entrevistas. Queremos ação!!! Mostrem quem manda aqui no RS. Por enquanto, são eles.

Unknown disse...

ASSINO EM BAIXO!!!
VERGONHA, PROFESSORES!!!

Anônimo disse...

SÓ ELE NÃO SABIA QUE ESTA QUADRILHA DOS PRORFESSORES É TUDO PETISTA.FORAM ELES QUE DEIXARAM O BRASIL E O RS NA MISÉRIA.TEM QUE VOLTAR EXÉRCITO E BAIXAR O PORRETE NESTES GREVISTAS TUDO.BOTAR ORDEM NO GALINHEIRO.É A ÚNICA MANEIRA.

Anônimo disse...

Precisam fazer os alunos das escolas que aderiram à greve política perderem o ano letivo. É uma pena, mas a única forma de terminar com isso de uma vez por todas.

Anônimo disse...

Nada mais óbvio. Essas amebas ajudaram a detonar com o governo Yeda e eleger o tarço. Nas horas vagas orientam a doutrinação e criação da nova geração de zumbis, seus sucessores.
E quanto pior, melhor.

Anônimo disse...

É incrível que professores, na sua maioria dedicados e preocupados com seus alunos, se deixem levar pelo "Centro de Professores Esquerdistas do RS-CPERGS em uma greve que radicalizou, pois a promessa do governo é resolver os atrasos salariais até dezembro.

Ultra 8 disse...

É VERDADE!E O SARTORI DESTRUINDO A EDUCAÇÃO,É O SONHO DOS COMUNISTAS QUE ESTE GOVERNADOR VAGABUNDO ESTÁ COLABORANDO PARA QUE SE REALIZE!

SARTORI PRATICANDO A VELHA GUERRA DAS TESOURAS E NOSSO ESTADO VIRANDO UM OCEANO DE CIDADÃOS ANALFABETOS E FUTUROS CRIMINOSOS. SATANISTA DESGRAÇADO.

Paulo Rocha disse...

Até as pedras das ruas já sabiam disso. Essa greve não passa de antecipação de campanha a fim de fazer o governo sangrar.

Anônimo disse...

branquinho? q não te conhece te compra, né...? eheheh

Anônimo disse...

branquinho: não adianta botar as cadelas compradas prá latir porque a audiência é qse nula...

Anônimo disse...

É super simples acabar com a greve dos professores :
É SÓ OS VAGABUNDOS DO PIRATINI PAGAREM OS VENCIMENTOS DOS FUNCIONÁRIOS E PROFESSORES EM DIA !!!!
Aliás... como é seu dever !!!!

Luiz Vargas disse...

Este é o modus operandi da PeTralhada e de seu bracinho auxiliar, os talibans psólicos. Esta artimanha é para gerar fatos políticos porque em 2018 tem eleição. O Psol da dona luciANTA genro é expertise nesta falcatrua. Os alunos não passam de inocentes úteis a serem utilizados e descartados na conquista do objetivo maior.

Anônimo disse...

Acabaram com o estado e o país. ..acéfalos petralhas da nisso!vai te enxergar seu demagogo

Anônimo disse...

É simples de resolver. Comece a pagar o salário, conforme previsto em lei, que termina. A greve é política de ambos lados. PT x PMDB. A máfia que quebrou o país

Anônimo disse...

Começou bem e terminou muito mal. Ou é ingênuo ou mal intencionado