Vereadores de Porto Alegre aprovam "congelamento" de salários

Os vereadores de Porto Alegre aprovaram nesta quinta-feira a manutenção de salários, sem reajuste, para a próxima legislatura. Atualmente, os parlamentares recebem R$ 12,9 mil. Mesmo sem previsão de aumento salarial, a proposta permite a reposição da inflação pelos próximos quatro anos. A aprovação da proposta se deu por 25 a 2.

Os salários do prefeito e do vice para os próximos quatro anos também foram congelados. O salário bruto para vereador atualmente em Porto Alegre é de R$ 12.984,93 enquanto para prefeito e vice são de R$ 18.037,11 e R$ 11.424,12, respectivamente.

9 comentários:

Anônimo disse...

Na lógica de Moro, Temer também seria preso:

22 de Setembro de 2016 - Brasil 247

A barbeiragem de hoje do juiz Sérgio Moro ultrapassou qualquer limite da imaginação.

Nunca antes um juiz cometeu um ato tão irresponsável: mandou prender um ex-ministro da Fazenda dos governos Lula e Dilma expondo-o a um vexame nacional e internacional e logo em seguida anulou a medida por razões humanitárias.

Ou seja: se ele não tivesse sido preso no hospital onde sua mulher, acometida de câncer estava prestes a ser submetida a uma cirurgia ele não teria sido solto?

Afinal, havia algum motivo consistente a justificar sua prisão, ainda que por cinco horas?

Segundo Moro, ele deveria ser preso temporariamente porque Eike Batista havia delatado seu pedido de 5 milhões de reais para quitar dívidas de campanha do PT, em novembro de 2012, sem apresentar uma prova sequer de que esse pedido realmente aconteceu.

E disse que não cabe a ministro de estado pedir contribuições ao seu partido.

Moro tem toda a razão. No entanto, a 15 de agosto último o então presidente interino Michel Temer reconheceu ter feito exatamente a mesma coisa que Moro condena agora: pediu dinheiro a Marcelo Odebrecht na sede do governo, o Palácio do Jaburu:

"Eu não tenho medo dessas coisas. Eu já confirmei que jantei com Marcelo Odebrecht, no Jaburu, em 2014. Como é natural, o partido me pressionava para obter recursos para os seus candidatos. A Odebrecht contribuiu? Claro que sim. Eu era presidente do partido e ele acertou uma contribuição. Até se falou em R$ 10 milhões, mas na verdade foram R$ 11,3 milhões que ele entregou ao partido — tem a prestação de contas para todos os candidatos a governador...Eu não sei se ele falou. A coisa vai para a imprensa e você não sabe se é fruto da delação, se é fruto do advogado. Você não sabe de onde veio. Então, o que eu faço? Eu não vou negar que ele esteve comigo, como tantos outros empresários estiveram comigo. Ainda hoje, quando não há a menor possibilidade de pessoa jurídica eles vêm me perguntar como vão colaborar. Quando havia a possibilidade das doações, era uma enxurrada de gente pedindo para colaborar."

Mantega é acusado de pedir 5 milhões enquanto ministro de estado. Sem provas se de fato pediu e se de fato pediu dinheiro limpo ou sujo, apenas a palavra de um empresário falastrão e falido. E ele nega.

E por esse motivo Moro o prende.

Temer admite ter pedido 10 milhões enquanto vice-presidente da República dentro do palácio do Jaburu ao empresário Marcelo Odebrecht. O dobro do que Mantega teria pedido.

E por esse motivo Moro não o prende.

Anônimo disse...

Recordista em delações, Aécio pede rigor contra Mantega:

22/09/2016 - Brasil 247

"Nesta nova fase da Operação Lava Jato, o Brasil assiste, entre atônito e indignado, as notícias de que nem mesmo a mais alta autoridade econômica do país durante a maior parte dos governos Lula e Dilma escapou do cerco ao Estado brasileiro conduzido pelo PT e seus apoiadores", diz o senador Aécio Neves (PSDB-MG), político mais citado em delações na Lava Jato; "As notícias são extremamente graves e as investigações devem ser aprofundadas"....

Anônimo disse...

Malandrarem para darem de bonzinhos e evitarem eventuais movimentos e protestos para que diminuam, na verdade seus salários, ou ainda, evitarem eventual pressão para que se extinga de vez esse desnecessário e custoso "parlamento" que só presta para, na maioria das vezes, homenagear "ilustres", dando-lhes nomes de rua...

Anônimo disse...

ENGANA BOBO.TUDO ENCENAÇÃO.GANHAM TÃO BEM,QUE PODEM FICAR ASSIM ATÉ 2020.NEM DEVERIAM RECEBER ALTOS SALÁRIOS.TEM PAÍSES QUE OS POLÍTICOS TRABALHAM QUASE DE GRAÇA,PORQUE É UMA CAUSA PELO POVO PARA O POVO.AQUI É SÓ PELO DINHEIRO MESMO,GANÂNCIA,CORRUPÇÃO.

Marcelo disse...

Não tem como gente que compartilha blog petista comenta aqui.

Anônimo disse...

Pura jogada política. E para valer a partir do ano que vem?
E tem gente que acredita nestes vereadores.
A população deveria fazer um abaixo assinado para reduzir os seus salários. São muito bem pagos para não fazer nada pela população. Trocar nome de rua? Oficializar invasões? Criar feriados. Criar homenagens. Algum projeto de utilidade de todos os porto-alegrenses que tenha saído desta casa?
Além salários, o que mais recebem?

Anônimo disse...

Quem não deve não teme. Certamente Mantega não deve, logo não há o que temer. Se deve, paga. É assim que a polícia Federal trata o povo brasileiro. Com muito mais justificativa o Mantega deve prestar esclarecimento do seu mandato, pois estava em suas mãos, não o partido que representava, mas sim a Economia de um país ao qual todos os brasileiros foram onerados. O Dr. Juíz Sérgio Moro nunca demonstrou ser o Monstro que alguns insinuam que seja, mas uma pessoa que prima por justiça. E ela deverá falar mais alto. Caso contrário o que será de nós o povão.

Anônimo disse...

Vereador é uma função voluntária, nos países mais avançados. Por tanto sem remuneração e sem assessores e com o teto para despesas.
Não sei porque deveria ser diferente aqui.
Tem cidades conf. as noticias, que rebaixaram o salário a nível do salário de professor. Acho mais do que justo.

Anônimo disse...

Muitos perderam suas vidas nos hospitais do Câncer na espera de recursos provenientes do governo. Esses nunca chegaram a tempo de salvá-los. Dr. Moro precisa saber onde estão esses recursos, pois o ex Ministro Mantega era o responsável direto pela Economia do país. Nos tornamos o país dos coitadinhos e ninguém quer prestar contas dos seus mandatos, ficando tudo por isso mesmo. Para uns toda a riqueza, para outros a miséria. Que país é esse?