Atos pró-impeachment reúnem nove vezes mais gente do que atos lulopetistas

O Instituto Datafolha, que tem sido conservador ao extremo na contagem de público em manifestações de rua, cravou esta comparação sobre os atos de domingo e de ontem a noite:

Domingo, pró-impeachment
400 mil

Ontem, contra o impeachment
95 mil

No Brasil todo, domingo e ontem, segundo a Rede Globo, os números foram os seguintes:

Domingo, 3,5 milhões, segundo as PMs
Ontem, 450 mil, segundo as PMs

Em Porto Alegre

Domingo, 100 mil, segundo a PM
Ontem, 9 mil, segundo a PM

Ontem a noite, no Jornal das Dez, Rede Globo, o apresentador informou que a diferença corresponde ao mesmo número dos que aprovam e desaprovam o governo Dilma.

9 comentários:

Anônimo disse...

A credibilidade do DataFalha é a mesma do Lula quando fala em justiça.

Anônimo disse...

Sr Polibio Braga:

O sr viu algum manifesto ou pronunciamento sobre a posição da CNBB diante do MAR DE LAMA da CORRUPÇÃO que cobre o Brasil?
Estou cobrando desses bispos coerência.
Ontem roubaram uma Fiat Elba,A Bispaiada saiu em delírio,hoje estão roubando a FABRICA E OS BISPOS EM SILÊNCIO.

Saudações

Anônimo disse...

o pessoal do datafalha precisam voltar urgente a escola primaria....dizem que com 95% a 5% o pais está dividido....

Anônimo disse...

Ontem na Av Paulista, o PT reuniu 95 mil pessoas, a maioria da CUT , MST e PT .Menos que o numero de pessoas que foram as ruas em Porto Alegre , no ultimo 13 de marco , de forma espontanea !!!

Anônimo disse...

E se não fossem os R$ 30,00? Eu fui no domingo sem receber. E ainda paguei R$ 20,00 pelo Pixuleco.

fred oliveira disse...

Espero que Lula tenha se convencido que ele ja' era, o pt ja' era, Dilma , nem se fala. Acabou!

Anônimo disse...

Ontem uma demonstração de força da esquerda, mesmo com toda mídia fazendo politica contra estamos ficando mais fortes. Lula entrou de vez

Anônimo disse...

Caro editor, foram motivados pela mortadela e os 30 pilas, só pode ser.

Ao anônimo das 12:00, teu lulladrão levou bem do Min. Gilmar Mendes e vai levar mais quando for julgado em plenário do STF, Congresso Nacional e, principalmente, pelo Juiz Moro. Vai ser barba, cabelo e bigode. pt SAUDAÇÕES PRA TI, ORDINÁRIO!

Anônimo disse...

DATA FOICE