Ao roubarem da Petrobrás, diretor da estatal aviosava ao tesoureiro do PT: "Metade é do PT e metade é da casa"

Nesta reportagem,m o site da revista Veja de hoje, www.veja.com.br, revela que o tesoureiro do PT cobrava propina em bilhetes, diz delator, conforme informou o ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco, que  afirmou em depoimento que o PT começou a receber dinheiro sujo da Petrobras em 2004

Leia tudo:

"O Duque (foto à direita) falava: 'Isso aqui é metade do partido, metade da casa'. E eu cuidava da parte da casa", Pedro BaruscoO ex-gerente de Serviços da Petrobras Pedro Barusco, um dos delatores da Operação Lava Jato, confirmou em depoimento ao juiz Sergio Moro, que o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto atuava como interlocutor do partido na arrecadação de propina de contratos da Petrobras. Mais: disse que Vaccari mandava bilhetes exigindo o pagamento de dinheiro sujo.

Segundo Barusco, a arrecadação de vantagens indevidas na estatal era "endêmica" e "institucionalizada" e abasteceu o PT pelo menos desde 2004.

Conforme o delator, os cofres do PT passaram a receber propina da Petrobras há pouco mais de onze anos, mesmo período em que Barusco e o então diretor de Serviços da estatal Renato Duque também deram início ao rateio de vantagens indevidas recolhidas de empreiteiras.
Na diretoria chefiada por Duque, a propina era normalmente de 1% dos valores dos contratos, sendo 0,5% para funcionários da estatal e 0,5% para o PT. "O Duque falava: 'Isso aqui é metade do partido, metade da casa'. E eu cuidava da parte da casa", relatou ele. "Na gestão do João Vaccari como tesoureiro do partido, era ele quem tomava conta dessa parte da propina", completou. Questionado sobre repasses ao PT, foi direto: "Nas tabelas que eu fazia de divisão sempre tinha".

De acordo com o ex-gerente, em um primeiro momento cabia a Renato Duque repassar verbalmente as exigências de propina feitas pelo PT a partir de bilhetes de Vaccari. Por fim, no final de 2010, o próprio Barusco se encontrou com o ex-tesoureiro em reuniões, em hotéis em São Paulo ou no Rio de Janeiro, em que era discutida a partilha do dinheiro. "Começou com uns bilhetinhos", disse. Em pelo menos uma oportunidade Pedro Barusco se encontrou com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, responsável pelas finanças do partido no período do escândalo do mensalão.

A arrecadação de dinheiro sujo por meio da Diretoria de Serviços da Petrobras chegou a ser tão grande que o próprio delator disse ter sugerido métodos para dar vazão aos recursos, como a abertura de contas bancárias no exterior. "Ele [Duque] me pedia de tempos em tempos para fazer prestação de contas e depois ele começou a me pedir algumas quantias em dinheiro quinzenalmente, semanalmente e fui contabilizando esses pagamentos a ele", disse. Por volta de 2010 e início de 2011, quando já estava para sair da Petrobras, Barusco informou que "praticamente toda a propina recolhida na diretoria ia para Duque".

Barusco arriscou uma razão pela qual grandes empreiteiras, hoje investigadas no petrolão, concordavam em desembolsar o dinheiro. "Acho que as empresas julgavam que a situação era boa para elas, que elas se sentiam comandando o mercado, tinham encomendas e não queriam que as coisas mudassem. Era para manter aquele status quo", disse. "Eles recebiam tratamento especial por pagar propina."

Duque e o ex-tesoureiro João Vaccari faziam uma espécie de encontro de contas para ver se a propina estava sendo paga dos dois lados. "Não era o propósito específico [fazer o encontro de contas], mas às vezes aconteciam [conversas como]: 'Ele pagou para mim e não pagou para casa? Ah, tá te pagando? Porque para mim não está pagando'", revelou.

9 comentários:

Anônimo disse...

E daí, a Véia da Mandioca disse que não acredita em delatores. Esse partido é tão corrupto que conseguiu levar à falência uma empresa petrolífera. O pior está por vir. A justiça americana, vai pegar toda essa quadrilha de ladrões, inclusive o governo será envolvido.

Anônimo disse...

Será que algum canalha terá a cara de pau de dizer que esse dinheiro roubado da petroleira em todos estes anos de PT, não passou pelas mãos sujas do Lula e da Dilma?

Anônimo disse...

Claro que passou, era para o pt e quem é dono do pt? Ele o que se acha deus.. Coitado!

Anônimo disse...

É isso, eu também acredito que somente o PT recebia a grana do suborno promovido pelos empresários. Não tenho nenhuma dúvida que os demais partidos - PMDB, PP (finada ARENA), PSDB, DEM, PDT, PTB e outros, jamais receberam qualquer grana dos capitalistas mafiosos. Mais, eu também acredito em Papai Noel, Zorro, Homem Aranha, etc. Também acredito que o Bolsonaro fracassou na carreira militar (formado na AMAN, saiu do Exército apenas como capitão) porque foi injustamente acusado de indisciplinado e baderneiro pelos seus superiores ...

Anônimo disse...

Lá vem os petralhas do blog com as justificativas convincentes: os outros também são LADrÕES. BOTA JUSTIFICATIVA NISSO!!!

Anônimo disse...

Se houver pessoas de outros partidos que tambem forem corruptos (e com certeza ha) que sejam punidos com a mesma rigidez dada aos Petistas. Mas um roubo nao justifica outro. Que se pare esta palhacada de tentar inocentar os Petralhas, dizendo que tem outros ladroes. Cadeia para todos os ladroes. Simples assim!

Anônimo disse...

Meu amigo(a), pare de comparar bandidos com outros bandidos, um não anula o outro. Queremos não é comparação de quem rouba ou roubou mais, queremos que a corrupção que agora se investiga seja estancada. Pedimos que vocês entendam isso, e pare de defender bandidos.

Anônimo disse...

Isto aqui não é um país sério. Se Fosse estes caras seriam condenados por traição á Pátria e no minimo banidos para Cuba. Mas se houvesse um Exército que não fosse de Mentirinha eles acabariam num pelotão de Fuzilamento...O Crime que praticaram contra a Constituição, o Povo e a Nação Brasileira jamais será esquecido, e a sabotagem na Petrobrás certamente foi feita para acabar definitivamente, não só com a Empresa, cuja divida está em 400 BILHÕES, mas também com o Monopólio do Petróleo.Muitas Décadas e Gerações passarão até que o prejuizo seja sanado. Esta conversinha de que até o fim do ano a crise estará resolvida é papo de criminoso que acha que a policia vai dar moleza...Se não expulsá-los do Poder o Povo vai suar sangue pra estes canalhas saírem ilesos e com os bolsos cheios de dinheiro roubado....

Anônimo disse...

O que o TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL está esperando para cassar o Registro do PT? Este Partido não tem mais moral para exercer suas atividades no meio Politico e muito menos no Congresso Nacional, pois está subvertendo os ideais nobres e soberanos da Politica Desenvolvimentista do País em favor de seus asseclas e quadrilheiros que estão dependurados nas tetas da República...