Caminhoneiros seguem na luta mesmo após morte de colega. Comboio segue para Brasília.

Neste domingo, os caminhoneiros seguem bloqueando rodovias do Rio Grande do Sul pelo sétimo dia consecutivo em protesto contra o aumento do óleo diesel, os custos dos transportes de cargas e as más condições das estradas, entre outros itens. Às 8h, porém, o Comando Rodoviário informou que não havia mais interrupções nas estradas estaduais. Nas federais, no entanto, ainda há trechos interditados.

A caravana que saiu ontem de Santa Rosa para Brasília, poderá desembarcar na capital na tarde desta segunda-feira. 

A lista das rodovias ainda bloqueadas é a seguinte:

Rodovias federais
BR-116 - km 397,8 - Camaquã
BR-116 - km 389,9 Camaquã
BR-116 - km 401,2 Camaquã
BR-116 - km 454,7 - São Lourenço do Sul
BR-153 - km 372 - Cachoeira do Sul
BR-153 - km 386,2 - Cachoeira do Sul
BR-268 - km 268 - Fontoura Xavier
BR-392 - km 66 – Pelotas
BR-468 - km 99 - Três Passos
BR-472 - km 155 - Santa Rosa

BR-472 - km 168 - Santa Rosa

4 comentários:

Anônimo disse...

Tem que para todo transporte, inclusive todos os ônibus.

Anônimo disse...

O Brasil ta parando. O Povo nao aguenta mais um Governo tao INCOMPETENTE. Pra dizer o MINIMO. Qualquer autoridade que tivesse um pingo de vergonha na Cara ja' teria renunciado. O mundo assiste com grande espanto a incrivel apatia do brasileiro com os escandalos e a tolerancia as infracoes que o governo esta praticando para fugir 'as responsabilidades.

Anônimo disse...

Eu concordo com o protesto, mas discordo veementemente com a forma. Os americanos saõ mais inteligentes quando fizeram a maiorr greve dos caminhoneiros da história dos Estados Unidos. Via PX chamaram todos os que não tinham carga e foram até Washington na frente da Casa Branca. O país inteiro deu suporte. Aqui a imbecilidade de parar caminhões com carga perecivel é demais. Quando faltar remédio, alimento e a cerveja o povo vai ficar contra e vão perder o apoio.
Vão até Brasilia e subir a rampa do planalto com uma jamanta, será que tem coragem?
Joel

Anônimo disse...

Dou a maior força aos caminhoneiros. O governo despoticamente aumenta tudo, gasolina, diesel, luz elétrica e ainda nos ameaça com o exército do Stédile.

-Pergunto qdo o MST e os índios fecharem estrada, a força nacional e a PRF vão desobestruir as estradas na marra como fizeram com esses trabalhadores...?????