Artigo, Luís Milmann - Os totalitários da participação popular

Neste artigo para este site, Luis Milmann, professor de Filosofia e jornalista, explica que há uma lógica perversa e contínua na prática comunista desde o seu surgimento no século XIX. 

Leia tudo:

O Manifesto Comunista de 1848, as atas dos atuais Foro de São Paulo e Forum Social Mundial, assim como a decretocracia da Venezuela e. agora, do Brasil, com a edição do Decreto dos Conselhos Populares, reproduzem o modelo de captura das relações humanas, em todos os níveis, pelo estado. No Manifesto, Marx e Engels partiam da noção de classe, logicamente opaca para seus próprios autores. Registro que a análise sine ira do marxismo, calcada na lógica elementar, muitas vezes instiga mugidos de altercação em hordas de ruminantes intelectuais, mas não se deixa abater pela algaravia. Distantes do discernimento, imunizados contra o debate de ideias por um sistema de crenças espesso, por um crosta ideológica, aqueles que entoam loas à salvação proletária, não são capazes sequer de entender que o que se predica de um membro de uma classe não pode ser predicado da classe. Por exemplo, a classe das mulheres vesgas não é vesga. A classe das colheres tortas não é torta e a classe dos operários oprimidos não é oprimida.Classes são constructos lógicos e qualquer tipo de realismo metafísico que apliquemos a elas esboroa-se, juntamente com paradoxos, para os quais o genial Marx não atentou, a uma porque não entedia de lógica e, a duas, porque a lógica de sua época ainda não chegara aos níveis de complexidade da nossa. Marx, que se deteve tanto na crítica da economia de seu tempo, faz parte da pré-história em termos de lógica de primeira ordem. Isto é fato. Somente indivíduos como Paul Singer, Marco Aurélio Garcia, Ideli Salvatti, Leonardo Boff e Tarso Genro insistem em permanecer como herdeiros daquele troço abstruso de Hegel, a dialética, com a qual fazia ginásticas mentais o austero Caio Prado Júnior, um de seus grandes cultuadores brasileiros .

. Os irrefreáveis perdigotos que chegaram até mim, certamente não resultaram de minha crítica à metástase comunista per se, mas da salivação de militantes que ainda mantêm sob guarda severa os segredos do enlace, no Partido dos Trabalhadores, entre o cristianismo e o marxismo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Nos túneis repaginados da antiga Brahma, shopping Total, Porto Alegre.
Ao meio dia, almoço expresso e à la carte. Também jantar.
Vá hoje ao meio dia. 
www.famigliafacin.com.br

9 comentários:

Anônimo disse...

Como explicar os alegados combates dos comunistas contra toda espécie de pré conceitos se sua doutrina é recheada de pré conceitos?

Anônimo disse...

A expansao comunista na america latina, sufocada durante 20 anos, pelos governos militares, foi sustentada ativamente pelo comunismo chines no periodo de redemocratizacao, atraves do financiamento de partidos e candidatos formados nas guerrilhas e treinados em Cuba, com o bjetivo de sabotar e perverter as leis e os pilares e ideais constituciinais...

Anônimo disse...

A china que era uma colonia agricola de terceiro mundo, que sobrevivia gracas a cartilha de mao tse tung, fez seu maior investimento do seu futuro aplicando todos os seus recursos na copia de produtos brasileiros e ao mesmo tempo na sabotagem e na destruicao moral e etica das nossas instituicoes e da sociedade e valores que garantiam a nossa soberania como nacao..

Anônimo disse...

Financiando a criacao doPT o comunismo chines estabeleceu uma base importantissima para alavancar a expansao do socialismo antidemocratico que atraves de traidores patrios que se apoderaram dos cargis publicos instituindo uma gama de mafias do lixo, mafias de sindicatos, mafias de transportes escolas e sindicatos de ladroes, hoje conhecido PCC, foram atemorizando e acovardando a populacao, usando o medo, o terror e a vi
olencia como se estas fossem o preco a pagar pela democracia... Neste mesmo periodo a China Comunista comeca a receber vultosos investimentos do Brasil. O Governo Petista se torna o maior incentivador e garoto propaganda da china. Assim inocentemente nossa industria que renascia atrofiou depois que os nossos produtos foram copiados por eles. Ate a nossa Embraer foi enganada permitindo que copiassem nossos avioes. Hoje,finalmente,assinamos com a China a concessao por trinta anos de nosso presal, conforme a Lei de Partilha que Lula assinou com os chineses. Gracas a isso, a era petista conseguiu realizar a sua grande missao, de sabotar e atrofiar o crescimento do Brasilpara que a China e o Comunismo se transformassem na forca e no poder mundial que hoje desfrutam...

Anônimo disse...

O COMUNISMO DE FATO É JUDAÍSMO
O comunismo moderno foi desenvolvido por Moses Levy Mordecai, ou melhor, simplesmente Karl Marx... Marx teve um grande professor rabino comuno-sionista de nome Moses Hess. Este rabino foi fundador e editor do Rheinische Zeitung, o principal órgão de pensamento de esquerda na Alemanha. Ele proveu Karl Marx com sua primeira importante plataforma. Mais tarde, em Bruxelas, ele colaborou com Marx em A Ideologia Alemã. Foi Hess também quem converteu Friedrich Engels ao comunismo, provavelmente também ao judaísmo.

(Continua)

Anônimo disse...

( Cont. de O COMUNISMO DE FATO É JUDAÍSMO )

Os próprios documentos judaicos sugerem isso claramente.
Em 4 de abril de 1919, o Jewish Chronicle estampou: “Há muito no fato do próprio bolchevismo, no fato de que muitos judeus são bolchevistas, no fato que os ideais do bolchevismo na maioria dos pontos são consoantes com os mais magníficos ideais do judaísmo”.
O panfleto “Judeu e Não-Judeu”, proposto pelos Judeus Reformistas da “União das Congregações Hebraicas Americanas” e sua “Conferência Central de Rabbis Americanos” afirma que:
O Socialismo foi originado pelos Judeus; e hoje os Judeus representam um papel principal em sua difusão e interpretação”. (página 30)
O comunismo de fato é judaísmo e ele se apóia no sistema místico da cabala, que propõe basicamente idéias de um homem despido de preconceitos e a harmonização dos opostos.

(Continua)

Anônimo disse...

(Cont. de O COMUNISMO É DE FATO JUDAÍSMO )

Karl Marx chamou o "En Sof" por um nome ainda mais pomposo, "materialismo dialético", a idéia de comunhão entre Deus e o homem … que foi adotada da Cabala … não somente que a Deidade influencia os atos do homem, mas também que o homem exerce uma influência na vontade e temperamento da Deidade. Todo ato e palavra do homem produz uma vibração correspondente nas esferas mais altas. Dessa concepção é derivada a prática principal do princípio do Hasidismo - comunhão com Deus para o propósito de unir a fonte da vida e influenciá-la .…" (Enciclopédia Judaica - 1905)
O rabino Stephen S. Wise, o pai do judaísmo reformista, confirma:
"Alguns chamam isto de Marxismo - eu chamo isto de Judaísmo." (Declaração do rabino Stephen S. Wise In: "The American Bulletin", 15 de Maio de 1935.) ( Via Paulo Leitão )

Polibio Braga disse...


flaviadt
Numa curta análise vi que alguém estava mentindo no caso: "Se a Oposição de uma CPI encaminha em paralelo, denuncias ao Ministério Público, significa foi feito o que se espera de uma CPI, mesmo que

Polibio Braga disse...


flaviadt
Numa curta análise vi que alguém estava mentindo no caso: "Se a Oposição de uma CPI encaminha em paralelo, denuncias ao Ministério Público, significa foi feito o que se espera de uma CPI, mesmo que