Tarso manda secretário do Esporte para entregar "Kikito" no Festival de Cinema de Gramado

O governador Tarso Genro (PT) não compareceu ao evento final de entrega dos Kikitos no Festival de Cinema de Gramado. Em nome do governo do estado quem representou o governador não foi seu vice, Beto Gril (PSB), nem mesmo seu secretario da Cultura, Assis Brasil, que por sinal esteve horas antes em Gramado na cerimônia de abertura do Festival com apresentação da Orquestra Sinfônica de Gramado, em frente ao Palácio dos Festivais. Quem fez as honras do governo foi o "secretario do Esporte", Kalil Sehbe (PDT), que entregou o Kikito de Curtas-Metragens, Prêmio Especial do Júri.

. A ausência de Tarso no festival foi um dos assuntos mais comentados da noite, superando até mesmo a ausência, pelo segundo ano consecutivo, de um dos curadores do festival, o ator José Wilker. Dos últimos governadores apenas Germano Rigotto (PMDB) era frequentador assíduo do festival, Yeda Crusius (PSDB), também nunca deu muita bola para Gramado.

. O Festival de Cinema de Gramado é o principal festival cinematográfico da América Latina e um dos maiores eventos do estado. Mais de 200 mil pessoas visitaram a cidade durante o evento. Foram mais de 230 pessoas envolvidas na realização, 420 jornalistas credenciados e 140 veículos da imprensa.

* Na foto o secretário do Esporte, Kalil Sehbe, bem deslocado na entrega dos Kikitos e o secretário da Cultura, horas antes da entrega dos prêmios discursando na rua Coberta, em Gramado. (Créditos: Edson Vara).

8 comentários:

Anônimo disse...

Não lembro de ter visto ou ouvido falar que todos os outros governadores fizeram entrega de kikitos em gramado. Eta fofoca.

Luiz Vargas disse...

Como o ego do peremPTório embu$teiro é ENORME, ele preferiu não ter concorrentes. O embu$te conhece perfeitamente uma lei da física que diz que dois egos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço.
Bem sabemos que aquilo lá é uma arena de vaidades e de egos, cada um querendo aparecer mais que o outro. Lá o "noço" peremPTório embu$teiro do governicho tabajara teria que ficar recolhido a sua real insignificância.

Anônimo disse...

É a cara do momento atual do RS.....

Anônimo disse...

Esse é o apoio à cultura de nossos governantes.
Depois se queixam da queda vertiginosa do RS no contexto nacional.

Anônimo disse...

Com a leva de cineastas e atores atuais, esta é uma medida salutar, não envolveu perdas de tempo como visitas lusitano ideológicas, meros desperdícios de tempo e dinheiro.

Caverna disse...

O Sr. Tarso Genro não compareceu ao festival, porque não havia nenhum filme falando das gloriosas atitudes e feitos de homens que ajudaram a humanidade a ser mais feliz e próspera como por exemplo o grande Fidel Castro, que libertou Cuba e a fez esta nação livre e próspera, ou algum outro comunista, russo, norte coreano, que são seus idolos!Ele deveria bancar um filme sobre a biografia de outro grande lider progressita e democrata como por exemplo Hugo Chaves da Venezuela. Pessoa boa este governador PTarso!

Anônimo disse...

O noço governator não vai em eventos publicos, a não ser os de claque armada. Imagina esta figura que nos envergonha, por ficar tomando xixi da presidanta, num grenal. Ia tomar uma vaia maior da que tomou a Dilma no Maracanã. Este só aparece no meio da tchurma.

Anônimo disse...

A cultura só mantem com $ público. Se tirar o $ (apoio) eles não andam com as próprias pernas. Mas os senhores da cultura, formadores da opinião pública ( por ex. Arnaldo Jabor) dá pau nos governos se apoiarem outros setores. Em suma, todosd mamam no governo e depois viram o coxo.