Suspensa paralisação dos servidores da Infraero no Salgado Filho

Depois que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) impôs limites à greve de servidores da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), os aeroportuários decidiram nesta quinta-feira suspender a paralisação no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre.

. O terminal aéreo da Capital emprega cerca de 500 aeroportuários, incluindo o pessoal do balcão de informações, das áreas de embarque e desembarque, segurança e balizamento de aeronaves. A mobilização iniciou à meia-noite dessa quinta-feira. Os aeroportuários exigem reajuste salarial de 16%, manutenção do acordo coletivo, aumento real de 9,5% e melhorias em benefícios, como auxílio-creche.

. De acordo com a Infraero, apenas seis dos 63 aeroportos do País foram efetivamente atingidos pela paralisação - Galeão (RJ), Congonhas (SP), Vitória (ES), Recife (PE), Fortaleza (CE) e Salvador (BA).

4 comentários:

Anônimo disse...

SIM À PRIVATIZAÇÃO

Anônimo disse...

Como estes pelegos públicos tem coragem de pedir "NÃO A PRIVATIZAÇÃO" ?

Eles querem a perpetuação do caos nos aeroportos? Será que eles não desconfiam que ninguém mais aguenta a incompetência deste funcionalismo público? Esta infraero é tão inchada em seus quadros que mesmo em greve os aeroportos não param. T

EM QUE COLOCAR ESTES VAGABUNDOS PRA RUA! MEU DINHEIRO QUE PAGO DE IMPOSTOS NÃO É PARA SUSTENTAR ESTA CATEGORIA DE INÚTEIS !

PRIVATIZA JA !!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Quando dizem NÃO A PRIVATIZAÇÃO, eles querem dizer:

o AEROPORTO É NOSSO, dos aeroportuários e da politicalha, não queremos ser mandados.







Anônimo disse...

AEROPORTOS.
PRIVATIZAÇÃO JÁ!!!!
Além do governo poupar dinheiro ainda recebe o pagamento de impostos decorrentes da administração privada.