Sessão da Câmara de São Leopoldo termina na Delegacia de Polícia

* Clipping e foto do Jornal VS de hoje.

São Leopoldo  - A sessão da Câmara de Vereadores de São Leopoldo que aprovou salário de R$ 2,7 mil para o novo cargo de assessor de relações comunitárias e aumentou de R$ 2,7 mil para R$ 4,5 mil o salário do chefe de gabinete acabou em tumulto na delegacia.

.  O fato aconteceu na noite desta quinta-feira. Isso porque na discussão entre contrários e favoráveis uma mulher do público teria feito ofensa racista ao vereador Brasil Oliveira (PSB). A mulher foi encaminhada à delegacia pela Brigada Militar e até o fechamento da edição do Jornal VS, o delegado plantonista não havia definido o tipo de ocorrência. Manifestantes chegaram a arremessar ovos na mesa diretora.

2 comentários:

Anônimo disse...

caramba, como eh fácil dobrar o salario no setor publico...

uma canetada, meia-duzia de protestos e esta feito...

Anônimo disse...

"caramba, como eh fácil dobrar o salario no setor publico...

uma canetada, meia-duzia de protestos e esta feito..."