Entidade católica judicializa disputa contra editora do bispo Edir Macedo. São os mesmos que acionaram o Porta dos Fundos

No Rio de Janeiro, uma nova briga na Justiça diz respeito às questões de fé e dogma, religião e desacordos por versões do mesmo fato. A Associação Centro Dom Bosco está pedindo indenização contra a Unipro Editora, vinculada à Igreja Universal do Reino de Deus e do bispo Edir Macedo.

Os católicos alegam que um livro em quadrinhos publicado pelos evangélicos, com a história de um sacerdote jesuíta, "agride a fé católica". Se alguém estiver curioso para entender os meandros da causa, o processo tramita na 2ª Vara Civil do Meyer sob o número 0033255-72.2108.8.19.2018.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ambos no lixo da história!

Anônimo disse...

Tenho tremendo medo das pessoas que se dizem muito religiosas. Em geral, são agressivas e violentas diante de um pensamento discordante de suas superstições. A história tem exemplos a dar com pau. Zé...zúis.

Anônimo disse...

Políbio, eis um assunto que deve ser veiculado com extremo cuidado.
Tenho tremendo medo das pessoas que se dizem muito religiosas. Em geral, são agressivas e violentas diante de um pensamento discordante de suas superstições.
A história tem exemplos a dar com pau.
Per seculae seculorum.
Amém? Zé...zúis.

Anônimo disse...

Ambos disputam o quê?
Dinheiro,e somente dinheiro que é o que lhes interessa.
Fé no cacete é para os outros removerem montanhas.

Anônimo disse...

Podem ajuizar o que quiserem contra o pastor "Pedir Maiscedo",nada vai andar além dos registros.Ora pois,se o presidente da república se ajoelhou diante desse canalha,disse pelo gesto que o Brasil inteiro deve se ajoelhar também.Se ele é submisso a um ladrão,é ladrão também.Já passou da hora de jogar este salafrário na prisão,mas ele tem passaporte diplomático e é o representante espiritual do Brasil perante o resto do mundo.
Se somar Bolsonaro+Edir Macedo+Benjamin Netanyahu=1/2Levy Fidelix.

Anônimo disse...

Que nada, véi...
Dá soma zero.
Bom, talvez Levy Fidelix seja isso: zero dividido por dois... ;-)

Cris disse...

Respeito é bom e todo mundo gosta...
Seguramente não gostariam que a Igreja Católica os ofendesse...