Copom reúne-se amanhã e poderá reduzir a taxa básica de juros de 6,5% para 6% ao ano

O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central) dá início nesta terça-feira a mais um encontro para definir a taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic.

A Selic está na mínima histórica de 6,5% ao ano desde março do ano passado. Agora, parte dos analistas de mercado já aposta em um novo corte nesta reunião, de 0,25 ou 0,5 ponto percentual. .

No último encontro, em 18 e 19 de junho, o BC manteve a Selic estável pela 10ª vez consecutiva. Deixou, no entanto, as portas abertas para reduções futuras.

A decisão do Copom será anunciada após o 2segundo dia de reunião, nesta quarta-feira.

2 comentários:

Ultra 8 disse...

Para os pobres, que tem um punhado de reais na caderneta, a vida continuará miserável, graças ao boneco, Bolsonaro.

O teleguiado, do comunista anticristão, George Soros, Paulo Guedes, também está ajudando a afundar o país.

Guedes, da liberal universidade de Boston, fazendo seu estrago por aqui.

Anônimo disse...

Grande coisa! Como se fosse mudar alguma para o povo. Vão baixar o juros dos cartões de crédito. Juros do cheque especial. Kkk. Estória pra boi dormir.