Ministro sai do cargo para ocupar a presidência dos Correios

O general Floriano Peixoto,  ministro da Secretaria-Geral da Presidência, é o novo presidente dos Correios. Rogério Marinho, secretário da Previdência e Trabalho, poderá ser o novo ministro.

Caiu o general Juarez Pinheiro Coelho Júnior, inimigo da privatização da estatal. Vídeos com discursos do general para os funcionários viralizam nas redes sociais e incomodaram o governo.

Essa é a segunda troca na pasta desde o início do governo. Antes de Floriano, Gustavo Bebianno comandou o ministério

4 comentários:

Anônimo disse...

O general Juarez é maçom????? Seu comportamento para lá amistoso em relação aos comunistas informa que sim. Confere???

Anônimo disse...

"SE" existe de fato uma grande amizade ou afinidade entre maçons e comunistas, muitas coisas que ocorrem na história do Brasil em relação ao comunismo tem então uma boa explicação, iniciando pelas deferências que os comunistas aqui são objeto pelos militares, onde a maçonaria de longa data tem grande número de adeptos. Tal afinidade se evidencia por nunca militares terem processado comunistas, conforme escancarou Olavo de Carvalho

Anônimo disse...

Alguém já ouviu algum discurso contundente de maçons contra comunistas? Se não, aí estará um
relevante sinal para identificar militares melancia, que, para chegar a este estágio de leniência,tolerância, podem ser é membros da maçonaria.

Anônimo disse...

Há relatos que Karl Marx era maçom.