Rebenques esperam pela nova caravana do PT no RS

Na foto, gaúcho bolsonarista corre lulopetista a relhaço em Passo Fundo.

O PT decidiu, hoje, que fará novas caravanas pelo interior do Brasil.

E vai começar pelo RS.

O protagonista da caravana será Fernando Haddad, derrotado nas urnas por Bolsonaro há apenas cinco meses.

O PT não começará o giro por Passo Fundo, onde seus militantes foram corridos a rebenque.

Nas redes sociais, o aviso é de que rebenques esperam pela nova caravana do PT no RS.


36 comentários:

Anônimo disse...

https://www.oantagonista.com/sem-categoria/em-mensagem-sobre-1964-ministro-da-defesa-fala-em-ameacas-comunista-e-nazifascista/

Anônimo disse...

Se a caravana do lula foi um fiasco, imagina a do andrade.

Anônimo disse...

Enquanto Dilma era Presidente, Lula lhe ordenou que: SP e RS seriam os últimos Estados a ganhar qualquer recurso. RS agora será o primeiro Estado a ser visitado por Lula/Haddad - Haddad/Lula?

Anônimo disse...

Os vagabundos vao levar outra tunda!!!

Anônimo disse...

São uns jumentos deveriam fortalecerem-se no nordeste/norte e esperar que alguma coisa do novo governo não funcione para espraiarem-se
Vão arrumar uma confusão de âmbito nacional, vai pegar mal o pessoal não esqueceu as roubalheiras

Anônimo disse...

estão assanhados...

e atolesmados...

tao atolesmados que nem perceberam que hoje mesmo o presidente ja começou a sair das cordas e dar a volta por cima...

o povão ja entendeu o que se passou no tal Congresso...

por isso a comunicação do governo precisa mudar...

da ate raiva...

é tao fácil e explicar as coisas, que a gente fica com raiva de ver como que eles não conseguem fazer a coisa tao obvia!!!

o governo esta com a faca e o queijo na mão para emparedar aquele bando de oportunistas...

não da pra entender porque não corta logo o queijo!!!

o povo cansou de negociata, e ontem o que aconteceu no Congresso foi o auge da negociata!!

o triunfo do senhor Bolinha durou pouco...

todo mundo ja entendeu o que se passa e esta do lado do nosso presidente, que esta ENTREGANDO O QUE FOI PROMETIDO...

NAO VAI TER TOMA-LA-DA-CA!

são outros tempos, novos tempos, o brasileiro é que tem de se acostumar!

tantas décadas sendo roubado, parece que o brasileiro ja estranha quando encontra um politico honesto pela frente...

Anônimo disse...


É a caravana da derrota ...

Anônimo disse...

Esse vagabundo chamado Fernando Haddad precisa ser colocado atrás das grades logo, é mais um petralha corrupto!

EU ACUSO! disse...

Falta senso de ridículo a essa gauchada!

Anônimo disse...

vale fazer xixi na caravana ou so a esquerda que pode mijar nos outros?

EUGENIO disse...

TERAO CORAGEM DE VIR APANHAR DE NOVO?

VIVA LIBERDADE CONQUISTADA EM 64

TODA A GAUCHADA VAI APRONTAR O
RELHO ,AGORA SAI TUDO ,MUNDO AFORA, NAS REDES.

NAO ACHO QUE VENHAM

MAS...SE VIEREM, VAO TER,AS ROUBALHEIRAS E VOTOS CONTRA O BRASIL SERAO COBRADOS!

VIVA 31 DE MARCO DE1964

VIVA A LIBERDADE

FORA O COMUNISMO

VIVA A LIBERDADE CONQUISTADA 1964

VIVA A REVOLUCAO DA LIBERDADE 64

Anônimo disse...

os bolsonaros vão de ferrar

Anônimo disse...

vem tu, "machao"

FAÇANHA, o ADVOGADO do POVO. disse...

Ridículos!

Anônimo disse...

E viva a pluralidade de ideias na era fascista do Bozosauro!!!

Luiz Vargas disse...

Devendo para a previdência social e atolado em dívidas. De onde a camarilha integrante da organização criminosa travestida de ParTido PolíTico está tirando grana para bancar mais este factoide.
Será que é grana da venda das fotos do in$tituto Lulla?
Acho que esta grana não dará nem para dois quilos de "mortandela".

Anônimo disse...

GOVERNO BOLSONARO SE DESINTEGRA: VÉLEZ BALANÇA E GUEDES PODE SER O PRÓXIMO:


Antes de completar 100 dias de existência, o governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro já exibe sinais claros de desgaste e desintegração; na noite desta quarta-feira, 3, o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez, teve sua demissão sinalizada pelo próprio Jair Bolsonaro, em entrevista na Band; jornalista Eliane Cantanhêde chegou a anunciar a demissão, negada depois por Bolsonaro pelo Twitter; quem está por um fio também é Paulo Guedes, que vê oposição à reforma da Previdência até no PSL; "Vocês acham que eu vou brigar para ficar aqui?", disse Guedes em audiência no Senado

27 DE MARÇO DE 2019 - Brasil 247

Anônimo disse...

Ministério Público recomenda a militares que se abstenham de comemorar 1964:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

O Ministério Público Federal no Distrito Federal divulgou há pouco recomendação às Forças Armadas para que se abstenham de promover qualquer manifestação pública em homenagem ao período de exceção instalado a partir de 31 de março de 1964.

Assinado em conjunto com a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, o texto é direcionado aos comandantes das Forças Armadas, ao comandante-geral do Corpo de Bombeiros, ao chefe de Estado-Maior conjunto das Forças Armadas e ao comandante-geral da Polícia Militar do DF.

Anônimo disse...

Precificando Guedes:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

O mercado agora está precificando o desempenho de Paulo Guedes, que ‘vendeu’ um Jair Bolsonaro diferente do que está no Palácio do Planalto.

O ministro tem sido cobrado o dia inteiro por interlocutores do mercado.

Anônimo disse...

Governo tem que fazer política com P maiúsculo, afirma Armínio:

Economia 27.03.19 - O Antagonista

Em São Paulo para um seminário sobre política fiscal, Armínio Fraga, ex-presidente do BC, comentou o embate entre governo e Congresso em torno da reforma da Previdência, registra a Folha.

“Eu não sou especialista em política, mas, olhando de fora, o clima está difícil”, afirmou Armínio, ressaltando que a política funciona a partir de negociações e isso não tem nada a ver com corrupção ou favores, “modelo rejeitado por todos nós”.

Anônimo disse...

Agenda de Mourão nos EUA incomoda aliados de Bolsonaro:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

O roteiro de compromissos que Hamilton Mourão traçou para sua visita aos EUA na próxima semana incomodou aliados de Jair Bolsonaro, relata a Folha.

A agenda do vice prevê, além de uma reunião com seu colega americano, Mike Pence, encontros com imigrantes brasileiros em Boston e com Roberto Mangabeira Unger –acadêmico que assessorou Ciro Gomes e já fez diversas críticas a Bolsonaro.

Anônimo disse...

Major Olímpio reclama da falta de orientação do governo sobre orçamento impositivo:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

O líder do PSL no Senado, Major Olímpio (SP), pediu a Paulo Guedes orientação sobre os impactos da PEC aprovada ontem na Câmara que obriga o governo a executar as emendas parlamentares de bancada.

“Nunca tivemos uma reunião, uma nota técnica. A gente carece dessas informações aqui. Por favor, nos alimente de informações. Estamos junto na guerra. Agora, sem a logística, sem a munição, não sabemos fazer a sustentação”, disse.

Anônimo disse...

Bebianno articula com Rodrigo Maia debandada do PSL:

Brasil 27.03.19 15:51 - O Antagonista

Gustavo Bebianno articula nos bastidores um movimento de debandada de integrantes do PSL que estão, como ele, descontentes com o partido e com Jair Bolsonaro.

Os destinos negociados são o DEM de Rodrigo Maia –com quem o ex-ministro já se reuniu– e o PSDB.

Anônimo disse...

Lobão: 1964 foi uma “cagada”

TV 27.03.19 - O Antagonista

O cantor Lobão diz, em vídeo no Youtube, que 1964 foi uma “cagada”.

Assista: (...)

Anônimo disse...

Deixe 1964 e volte para 2019, Bolsonaro:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

Enquanto Jair Bolsonaro está preocupado com a defesa de 1964, em 2019 a articulação política do seu governo é o caos absoluto, como se viu pela aprovação da PEC do Orçamento impositivo, que engessa a atuação da equipe econômica — que, por sua vez, achou a princípio que a PEC era uma boa coisa, por incrível que pareça, para fortalecer a “federalização”/

Deixe 1964 e volte para 2019, Bolsonaro.

Anônimo disse...

“A queda abrupta de Bolsonaro em São Paulo”

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

“A provável entrada de Fábio Wajngarten na Secom tem como objetivo principal conter algo que os apoiadores do presidente negam em público, mas já detectaram em pesquisas: a queda abrupta de sua aprovação nos grandes centros urbanos, sobretudo em São Paulo”, diz o Estadão.

“A ideia é que Wajngarten, que atuou na campanha construindo pontes com grupos de comunicação, amplie essa aproximação.”

Anônimo disse...

Aplausos ao general Mourão:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

O general Hamilton Mourão, em seu discurso na Fiesp, foi aplaudido seis vezes em 29 minutos.

A conta foi feita pela BBC.

Anônimo disse...

A PEC anti-Bolsonaro:

Brasil 27.03.19 - O Antagonista

A PEC que limita o poder de gasto do governo nasceu para sabotar Dilma Rousseff.

De fato, Jair Bolsonaro e Eduardo Bolsonaro, em 2015, votaram a seu favor, juntamente com a tropa de choque de Eduardo Cunha.

Anônimo disse...

O relhaço foi em Sta. Maria na UFSM, foi um aluno da agronomia. Me formei lá nos anos 90 e sou agronomo, prevejo problemas para esse aluno; visto que o reitor antisemita e amigo do paulo pimenta (minisculo mesmo) ainda está lá.

Adilson Minossi disse...

O RS ta aprendendo com o PR e SC a não votar em pilantras.

Anônimo disse...



Pau na cachorrada!

Anônimo disse...

Se o exército não tivesse expulsado aquele governo comuna do fazendeiro joão Goulart e Brizola, teríamos enfrentado uma guerra civil que, talvez até hoje ainda estaríamos brigando. Essa gente que lutou contra o exército em 1964, HOJE ESTÃO TODOS PRESOS OU SENDO PROCESSADOS E SE NÃO ESTÃO SENDO PROCESSADOS É PQ TEM O TAL DO FORO PRIVILEGIADO COMO POLÍTICO.


Viva as FF.AA brasileiras que nos livraram de uma enrascadas das grandes E EM MENOS DE 10(DEZ) ANOS O BRASIL JÁ ERA A 8a ECONOMIA DO MUNDO. Com esses políticos que nós temos, que só pensam em seus próprios interesses, não tem governo que consiga governar, A NÃO SER MOLHANDO AS MÃOS DELES.

Justiniano disse...

Mas é só o que os vagabundos do PT fazem é ficar viajando na maionese.

Anônimo disse...

Fake news

Verdugo

Anônimo disse...

Concordo com o FAÇANHA, o ADVOGADO do POVO:
Esses petistas querendo retomar a Caravana do Fiasco são mesmo uns ridículos.

Anônimo disse...

dilson Minossi disse...

O RS ta aprendendo com o PR e SC a não votar em pilantras.


Se não fosse o RS, PR e SC nem existiriam.