Surpresa altista com o IGP-10 de fevereiro. Alta de 0,40% não era esperada.

O índice refletiu principalmente pressão dos preços agrícolas no atacado.

O IGP-10 de fevereiro registrou alta de 0,40%, conforme divulgado há pouco pela FGV. O resultado veio acima da nossa expectativa e também da mediana do mercado (ambas em 0,30%). A aceleração em relação a janeiro, quando o indicador recuou deflação de 0,26%, refletiu principalmente o avanço do IPA Industrial, que variou 0,43%, contra -0,48%  na leitura anterior. Dentre os componentes que contribuíram para o movimento altista, os destaques ficaram por conta de minério de ferro (alta 6,71%) e diesel (avanço de 8,97%). 

CLIQUE AQUI para saber mais.

5 comentários:

Anônimo disse...

Surpresa só para quem não vai ao supermercado.

Unknown disse...

Enquanto isso, diz a mídia...
"Bolsonaro comandou de chinelos reunião em que definiu texto da Previdência"
--- Mais importante é saber se ele tinha "ido ao banheiro" antes da reunião. Caso contrário, a reforma da Previdência vai ser uma cagada...

Anônimo disse...

Nenhuma surpresa. Tudo subiu!

Anônimo disse...

Nova cuba ?

Mauro Moreira disse...

Surpresa? Aqui em minha São José dos Campos-SP, o Carrefou aumentou o preço do pão francês em 37% e o pão ficou uma porcaria. Antes era de fabricação própria e a gente, às vezes, até chegava quando ainda estava quentinho. Na embalagem, escrito "pão artesanal". Acho que agora terão que jogar fora essas embalagens, pois o pão agora e pelo processo congelado. Acho que demitiram os padeiros. Pena! era um produto de qualidade. Perderam o freguês. Vou experimentar o pão do grupo Pão de Açúcar ou outro que satisfaça os padrões de qualidade. O Carrefour só pensa em lucrar. Agora cobra estacionamento e não investe sequer no visual. A calçada defronte à loja é um lixo, imunda. Lá está um saco de lixo com sujeiras há meses. Não poda o gramado com regularidade. Uma vergonha.