Prévia da inflação tem menor variação para dezembro desde o Plano Real, diz IBGE

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) registrou queda de 0,16% em dezembro, após ter avançado 0,19% em novembro, informou na manhã desta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este é o menor resultado mensal registrado desde julho de 2017. É também o menor resultado para um mês de dezembro desde a implantação do Plano Real, em 1994.

Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou aumento de 3,86% no ano. As projeções iam de avanço de 3,85% a 4,03%, com mediana de 3,91%. O resultado veio bem abaixo dos 4,39% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores, ressaltou o IBGE

2 comentários:

Anônimo disse...

Indice fajuto e fabricado para prejudicar os aposentados do INSS do regime geral que erao seus beneficios aviltados por essa falsa inflacao! Pais podre!

Anônimo disse...

Forçam uma deflação no final do ano para puxar o índice para baixo.
Bem como vemos a média dos últimos 12 meses era 4,39% caindo quase meio porcento no período todo em função de apenas um mês a mais que entra no cálculo. Isso derruba todas os reajustes para o ano de 2019, e reduz o reajuste salarial dos trabalhadores, diminuindo o dinheiro circulante das classes assalariadas, e consequentemente esfriando a economia. O meio produtivo rico, continuará mais rico engessando patrimônio fixo. Já o trabalhador que impulsiona o mercado de consumo, fica refém apenas pagando as contas do mês e colocando comida na mesa.